A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Polícia divulga áudio de ligação de sequestrada após fuga nos EUA

7 maio 2013 Atualizado pela última vez 10:32 (Brasília) 13:32 GMT

A polícia de Cleveland, no Estado americano de Ohio, divulgou o áudio da ligação feita por Amanda Berry logo após fugir de seu sequestrador, na segunda-feira.

Cartaz pedindo informações sobre paradeiro de Georgina DeJesus
Outras duas mulheres estavam presas na mesma casa, entre elas Georgina DeJesus

Amanda, desapareceu em 2003, aos 16 anos. Ela foi mantida em uma casa da cidade com outras duas mulheres - Georgina DeJesus, desaparecida em 2004, aos 14 anos, e Michele Knight, sequestrada em 2002 aos 20 anos.

Após a ligação de Amanda à polícia, as outras duas mulheres também foram libertadas. As três foram levadas a um hospital e estão em boa condição de saúde.

As autoridades acreditavam que as três mulheres estivessem mortas. A mãe de uma delas acreditava que ela havia sido traficada como escrava.

Um suspeito de 57 anos foi detido em conexão com o caso.

No telefonema à polícia, Amanda Berry identificou o sequestrador como Ariel Castro e disse que conseguiu fugir num momento em que ele não estava em casa. Ela não menciona as outras mulheres.

Emissoras locais dizem que Castro é o homem preso pela polícia.

'Estive no noticiário pelos últimos dez anos'

Veja a transcrição do diálogo:

- 911

- Me ajude, por favor! Eu sou Amanda Berry.

- Você precisa da polícia, dos bombeiros ou de uma ambulância?

- Polícia!

- O que está acontecendo?

- Eu fui sequestrada! Fiquei desaparecida por dez anos e estou aqui, estou livre agora.

- OK, e qual é o seu endereço?

- Avenida Seymour, 2207

- 2207? Parece que você está ligando do número 2210.

- (Inaudível)... Eu não consigo te ouvir!

- Parece que você está me ligando do número 2210 da avenida Seymour.

- Eu estou do outro lado da rua. Estou usando o telefone deles.

- OK, fique aí com os vizinhos. Fale com a polícia quando eles chegarem aí.

- (Choro).. OK, olá?

- Quando eles chegarem aí.

- OK, eles já estão a caminho?

- Assim que abrirmos um carro

- Não, eu preciso deles agora, antes que ele volte.

- Tudo bem. Estamos mandando já, OK?

- OK, quer dizer, como…

- Quem é o homem que você está tentando… Quem é o homem que saiu?

- Seu nome é Ariel Castro.

- Quantos anos ele tem?

- Ele tem uns 52.

- E, a...

- Eu sou Amanda Berry. Estive no noticiário pelos últimos dez anos.

- Já entendi, querida. (Inaudível). E, você disse, qual era o nome dele, outra vez?

- Ariel Castro.

- E ele é branco, negro ou hispânico?

- Hispânico.

- O que ele está vestindo?

- (AGITADA) Não sei, porque ele não está aqui agora. Por isso eu fugi.

- Quando ele saiu, o que ele estava vestindo?

- Como vou saber? (inaudível)

- A polícia está a caminho, fale com eles quando eles chegarem aí.

- Eu… OK.

- Eu disse que eles estão a caminho. Fale com eles quando eles chegarem aí, OK?

- Tudo bem. OK. Tchau.