BBC navigation

Sony divulga vencedores de seu concurso internacional de fotografia

Atualizado em  26 de abril, 2013 - 09:24 (Brasília) 12:24 GMT

Em imagens: os vencedores dos Sony Awards

  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Acima, menina que sobreviveu ao massacre em ilha perto de Oslo em 2011.
    A fotógrafa norueguesa Andrea Gjestvang, de 32 anos, ganhou a 'Íris de ouro' de 2013, o prêmio máximo do Sony World Photography Awards Photographer of the Year. Ela venceu 62 mil competidores de 70 países. Foto: Andrea Gjestvang
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Jovem sobrevivente do massacre em Utoeya.
    Os juízes foram unânimes ao escolher a série de retratos feita por Gjestvang de crianças e adolescentes que sobreviveram ao massacre de julho de 2011 na ilha de Utoeya, nos arredores de Oslo. A série se chama 'Um dia na história'.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Menina em tempestade.
    O vietnamita Hoang Hiep Nguyen, de 21 anos, ganhou o prêmio da categoria 'Melhoradas', de fotos com tratamento digital, na competição amadora. Ele venceu com a foto acima, que mostra uma menina em meio a uma tempestade.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Final olímpica de atletismo.
    Na imagem, o atleta jamaicano Usain Bolt corre diante dos competidores rumo à vitória na final olímpica dos 100m. A foto faz parte de uma série feita na Olimpíada de Londres 2012 por Adam Pretty, premiado na categoria 'Esporte'.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Família de Alice Caputo em férias.
    Alice Caputo venceu na categoria 'Estilo de vida' por sua série intitulada 'Família no verão'. As imagens mostram a família da fotógrafa durante as férias na Liguria, Itália, no verão de 2012.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Campanha de Christian Åslund.
    A campanha criativa de Christian Åslund para a marca de tênis Jim Rickey foi fotografada em Hong Kong, em cima de arranha-céus e com os modelos no chão. Åslund usou uma lente teleobjetiva para deixar a paisagem o mais plana possível, com um aspecto de videogame.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Templo fotografado Fabrice Fouillet.
    A série de Fabrice Fouillet, que venceu na categoria 'Arquitetura', ressalta a estética arquitetônica de novos templos de culto. "Eles revelam um novo conceito do sagrado, uma representação do divino imbuída de modernidade, um hino ao minimalismo", diz o fotógrafo.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Série de Galli Tibbon.
    O prêmio da categoria 'Viagem' foi para Gali Tibbon por uma série documentando a peregrinação de cristãos ortodoxos para Lalibela, uma pequena cidade nas montanhas etíopes conhecida como a Jerusalém da África ou a Jerusalém Negra.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Soldados e civis na Coreia do Norte.
    A imagem acima mostra o contraste entre as vestimentas dos soldados e civis norte-coreanos no estádio Kim II Sung. A imagem foi feita para a série 'Personalidade e sociedade', de Ilya Pitalev, que foi a vencedora na categoria 'Atualidade'.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Retrato de Jens Juul.
    A série 'Seis graus de Copenhague', vencedora na categoria 'Retratos', mostra as conexões humanas na capital dinamarquesa. "Eu fotografo pessoas aleatórias que eu conheço nas ruas e esses encontros me levam a tirar fotos muito pessoas dessas pessoas, que me conduzem a outra pessoa de suas redes", diz o fotógrafo Jens Juul.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Ensaio fotográfico de Klaus Thymann na Islândia.
    O primeiro prêmio da categoria 'Moda e Beleza' foi para Klaus Thymann, da Dinamarca. A imagem foi feita na costa leste remota da Islândia e ao redor de um lago glacial chamado Jokulsarlon.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Foto vencedora da categoria 'Artes e Cultura'.
    A foto 'A Limusine', de Myriam Meloni, mostra as gêmeas Laura e Bela no dia de seu aniversário de 15 anos. Em quase toda a América Latina, a festa dos 15 anos de uma adolescente tem a importância de marcar a transição da infância para a maturidade.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Retrato do Matterhorn ou Cervino, nos Alpes Suíços.
    'Um retrato do Matterhorn', a montanha mais conhecida dos Alpes Suíços, foi a vencedora na categoria 'Paisagem'. A imagem foi feita por Nenad Saljic, da Croácia.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Capa da revista 'Soviet Photo'.
    As fotos e páginas da revista 'Soviet Photo', assim como outros trabalhos do período soviético de Roman Pyatkovka foram incluídos na série que ganhou o primeiro prêmio na categoria 'Conceitual'.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Flor retratada por Satoru Kondo.
    O fotógrafo japonês Satoru Kondon foi o vencedor da categoria 'Natureza e Vida Selvagem' com uma série de imagens delicadas de flores.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Prisão no Chile.
    Valerio Bispuri passou 10 anos viajando por diversas prisões na América Latina. 'Durante aquele período, eu vi como os condenados tentam criar espaços semelhantes aos que tinham fora da cadeia. As prisões são um reflexo da sociedade, um espelho dos pequenos problemas e das grandes crises econômicas e sociais de um país', disse.
  • Fotógrafa norueguesa foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards. Foto de natureza morta de Vanessa Colareta.
    A fotografia 'Migrante', de Vanessa Colareta, é uma reinterpretação da natureza morta espanhola dos séculos 17 a 19. Uma exposição mostrando as melhores fotos entre as 122 mil enviadas de 170 países acontece em Somerset House, em Londres, até 20 de maio de 2013.

Retratos de sobreviventes

A fotógrafa norueguesa Andrea Gjestvang, de 32 anos, foi escolhida 'A íris de ouro' do 2013 Sony World Photography Awards Photographer of the Year. A premiação anual teve 62 mil competidores de 70 países.

No entanto, os juízes foram unânimes ao escolher a série de retratos 'Um dia na história', feita por Gjestvang, de crianças e adolescentes que sobreviveram ao massacre de julho de 2011 na ilha de Utoeya, nos arredores de Oslo.

Uma exposição mostrando as melhores fotos entre as 122 mil enviadas de 170 países acontece em Somerset House, em Londres, até 20 de maio de 2013.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.