Autoridades buscam sobreviventes em fábrica que explodiu no Texas

  • 18 abril 2013
Pelo menos 160 pessoas ficaram feridas na tragédia

Um dia após a explosão de uma fábrica de fertilizantes próxima à cidade de Waco, no Estado americano do Texas, autoridades locais ainda estão fazendo buscas por sobreviventes.

A tragédia ocorreu na noite de quarta-feira (21h50 de Brasília) na pequena cidade de West e deixou ao menos 15 mortos e mais de 160 feridos. Autoridades disseram que o número de mortos pode subir e que ao menos três bombeiros estão entre os desaparecidos.A explosão foi tão forte que gerou um tremor semelhante a um pequeno terremoto e foi ouvida a 70 quilômetros de distância.

Dezenas de prédios desabaram totalmente e outros – como uma escola e uma casa de repouso – foram parcialmente destruídos.

Amônia

Os feridos foram atendidos em um campo de futebol da escola local
Os feridos na explosão foram atendidos em um campo de futebol da escola local

Segundo a polícia, não há indícios de que a explosão e o incêndio na fábrica da West Fertilizer Company tenham sido motivados por outra razão que não um acidente industrial. Mas, para questões investigativas, o caso ainda é tratado como um crime.

Em 2006, o Comitê de Qualidade Ambiental do Texas já havia chamado atenção para a West Fertilizer Company, já que a empresa não havia conseguido obter licença para funcionamento.

Serviços de emergência acreditam que amônia anidra, usada na produção de fertilizantes, pode ter sido a causa da explosão. A empresa mantinha no local cerca de 20 toneladas de amônia anidra. Investigações iniciais indicam que a empresa abrigava um contêiner de amônia do tamanho de um vagão de um trem cargueiro.

Em 2011, a substância causou uma grande explosão num depósito de fertilizantes na cidade de Toulouse, na França.

Comoção

A explosão no Texas ocorreu em meio ao clima de comoção nos Estados Unidos por conta de um ataque a bomba que deixou três mortos na Maratona de Boston, na segunda-feira, e pela informação de que o presidente Barack Obama e um senador haviam recebido cartas aparentemente contaminadas com o veneno letal ricina.

O incidente também ocorre dois dias antes do 20º aniversário do incêndio em Waco que consumiu um conjunto ocupado por seguidores da seita Ramo Davidiano após um cerco por agentes federais, com um saldo de 82 seguidores e quatro agentes federais mortos.

Segundo o Departamento de Segurança Pública do Texas, metade da cidade de West foi evacuada por medo de que ocorressem mais explosões ou um vazamento de gás tóxico.

Um porta-voz da polícia disse que foram registrados episódios de saques de mercadorias na região da explosão. Um pronto-socorro improvisado para atender aos feridos foi instalado no estádio de uma escola na região. "Há muita devastação. Nunca vi nada parecido", afirmou o xerife do condado de McLennan, Parnell McNamara.