Inglês pesca marlim de quase 600 quilos

Atualizado em  11 de março, 2013 - 06:13 (Brasília) 09:13 GMT
Marlim é pesado na ilha Ascencion (foto: Kevin Gardner)

Pescador esportivo captura marlim azul de quase 600 quilos em ilha do Atlântico

O dono de um bar na Inglaterra conseguiu pescar um marlim azul "monstro" de 599 quilos e cerca de seis metros de comprimento.

Segundo o pescador Kevin Gardner, o marlim foi pescado próximo da ilha britânica de Ascencion, situada no Oceano Atlântico - no meio do caminho entre a América do Sul e a África.

Gardner, dono de um pub na cidade de Coltishall, disse que passou oito dias no mês passado com amigos em um barco de pesca tentando encontrar um marlim azul - o prêmio mais cobiçado entre os pescadores esportivos.

Ele afirmou que quase não acreditou quando o peixe foi fisgado.

"Nós vimos ele surgindo do nada do lado esquerdo do barco", afirmou. "Só no tempo que eu levei para pegar a vara e prendê-la na minha cintura, o peixe já havia levado 700 metros de linha".

"Nós vimos ele saltar e era gigantesco. Tínhamos certeza de que era um monstro".

Gardner afirmou que ele e sua tripulação levaram três horas para tirar o peixe do mar - tudo sob um calor de 30 graus.

Ele afirmou que o marlim o deixou "completamente exausto", com bolhas nas mãos, queimaduras de sol e uma forte dor nas costas.

"Eu costumava correr meias-maratonas antes e pensava que aquilo me deixava cansado, mas (após essa pescaria) nunca me senti tão cansado em minha vida".

Gardner afirmou que após a pescaria ele cortou o marlim em pedaços e os distribuiu para moradores da ilha. Ele guardou porém o bico do peixe como recordação.

Recorde brasileiro

De acordo com o site da Associação de Pesca Esportiva (IGFA), o maior marlim azul atlântico pesava 636 quilos e foi pescado em 1992 na costa brasileira.

Sam Stone, da Sociedade de Conservação Marinha, afirmou que, "apesar de ser uma presa fantástica, teria sido melhor se o peixe tivesse sido libertado após a captura".

"O marlim azul tem sido pescado comercialmente de forma exagerada por muitos anos no Atlântico e continua sendo morto de forma não sustentável por pescadores de atum e peixe-espada", afirmou.

Todos os marlins gigantes são fêmeas. São conhecidos por serem lutadores fortes e agressivos, segundo a Associação de Pesca Esportiva.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.