BBC navigation

Síria de 105 anos que viu horrores diz que só quer morrer em paz

Atualizado em  7 de março, 2013 - 07:39 (Brasília) 10:39 GMT

Player

Idosa destoa do perfil comum dos refugiados; segundo a ONU, total de refugiados chegou a 1 milhão, em sua maioria crianças.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

O número de refugiados que já deixaram a Síria desde o início do conflito, há dois anos, chegou a um milhão, segundo a ONU.

Vários campos de refugiados foram montados em outros países da região, como Jordânia, Líbano, Turquia, Iraque e Egito.

Crianças são mais da metade dos mais de 1 milhão de refugiados sírios

Segundo a ONU, mais da metade dos refugiados são crianças, muitos com menos de 11 anos.

Mas nem todos têm esse perfil. Uma das refugiadas no campo de Zaatari, na Jordânia, é uma idosa de 105 anos, reconhecida como a refugiada síria mais velha.

Desorientada, ela disse à BBC que deseja agora apenas morrer em paz.

Ela contou que viu muitos corpos pelas ruas de seu vilarejo e conseguiu fugir graças à ajuda de alguém que a pegou em uma motocicleta, depois a pôs em um carro e a tirou de lá.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.