BBC navigation

Veja cenas do acidente com o balão no Egito

Atualizado em  26 de fevereiro, 2013 - 09:11 (Brasília) 12:11 GMT
  • Egípcios inspecionam o local do acidente. AFP
    Turistas britânicos, franceses, chineses e japoneses estão entre as vítimas do incidente com o balão que caiu próximo à cidade de Luxor, no Egito.
  • A área de decolagem próxima de Luxor. PA
    O acidente ocorreu com um dos diversos balões que sobem todas as manhãs levando turistas para uma vista aérea dos famosos pontos históricos de Luxor, como o templo Karnak e as catacumbas do Vale dos Reis.
  • A área de decolagem próxima de Luxor. PA
    O balão estava a uma altitude de 300 metros quando pegou fogo e explodiu, caindo a oeste de Luxor, segundo as autoridades egípcias.
  • Um balão que acabou de alçar voo com a gôndola cheia de turistas. PA
    Uma testemunha disse à BBC que algumas pessoas pularam da gôndola "de uma altura equivalente a um prédio de sete andares".
  • O local de decolagem próximo de Luxor. PA
    Segundo informações, duas pessoas, incluindo o piloto do balão, teriam sobrevivido à queda.
  • Egípcios se reúnem em volta do local da queda do balão. AFP
    Segundo a polícia egípcia, entre as vítimas estão nove turistas de Hong Kong. quatro do Japão, dois britânicos e dois franceses, além de dois egípcios.
  • O corpo de uma das vítimas do acidente aguarda remoção. AP
    Anteriormente outros balões já caíram em Luxor. Em abril de 2009 duas turistas britânicas ficaram feridas depois que o balão onde estavam caiu após colidir com uma torre de comunicação.
  • Egípcios se reúnem no local da queda do balão. AP
    Os outros balões foram proibidos de voar em meio a promessas de aumentar a segurança deste tipo de voo.

Queda em Luxor

Dezenove pessoas morreram na queda de um balão que levava turistas para um voo sobre os pontos históricos da cidade de Luxor, no Egito.

O balão teria pegado fogo e explodido em segunda, caindo de uma altitude de cerca de 300 metros em um campo nos arredores de Luxor. De acordo com relato de testemunhas, algumas pessoas pularam da gôndola em que viajavam de uma altitude equivalente a um prédio de sete andares.

Segundo informações da agência de notícias Reuters, o piloto e um dos turistas teriam sobrevivido ao acidente. Eles teriam pulado da gôndola quando estavam a uns 15 metros de altura. O piloto teria sido hospitalizado com queimaduras diversas.

Os voos de balão levando turistas são realizados em grande número na região e começam a ser feitos nas primeiras horas do dia para se beneficiar das temperaturas mais amenas da manhã.

Mas as autoridades egípcias suspenderam por seis meses todas as decolagens para que possam ser aperfeiçoados sistemas de segurança que impeçam a repetição de acidentes semelhantes.


BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.