BBC navigation

Fotos revelam espetáculo da aurora boreal no Ártico russo

Atualizado em  15 de fevereiro, 2013 - 13:40 (Brasília) 15:40 GMT
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    Teriberka é um vilarejo russo localizado no Círculo Polar Ártico. Durante o inverno, a escuridão encobre a região por quase 24 horas por dia. Em fevereiro, o sol aparece muito brevemente no horizonte e quase imediatamente se põe.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    O céu do Ártico fotografado por Ivan Dementievskiy estava extremamente escuro. A única luz vinha da aurora boreal, além das inúmeras estrelas.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    As condições na região são perfeitas para observar a aurora boreal.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    A aurora boreal é um fenômeno que ocorre em altas altitudes no hemisfério norte. Ela acontece em decorrência do impacto de partículas provenientes do Sol – o chamado vento solar – com particulas na magnetosfera, a região onde particulas sofrem a influência do campo magnético terrestre.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    A colisão cria átomos ionizados (com mais elétrons), que emitem fótons (particulas que geram luz). O campo magnético da Terra é um obstáculo ao vento solar e o direciona, criando o formato da aurora.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    Ivan Dementievskiy esperou durante três noites para capturar esse espetáculo.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    Nas primeiras horas da manhã, o espetáculo recomeçou no céu.
  • O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, para documentar a aurora boreal
    "Três dias sem dormir, em temperaturas gélidas e na escuridão, tudo valeu a pena", diz o fotógrafo.

Aurora boreal

O fotógrafo russo Ivan Dementievskiy viajou ao vilarejo de Teriberka, na região de Murmansk, no norte da Rússia, para documentar a aurora boreal.

Dementievskiy esperou três noites para encontrar as condições perfeitas para fotografar o espetáculo.

"Três dias sem dormir, em temperaturas gélidas e na escuridão, tudo valeu a pena", diz o fotógrafo.

As imagens registradas por Dementievskiy também podem ser vistas no site (http://dementievskiy.livejournal.com/) do fotógrafo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.