Projeto nos EUA transforma armas em joias

Atualizado em  24 de janeiro, 2013 - 08:50 (Brasília) 10:50 GMT

Player

Renda com venda de braceletes e pulseiras ajuda programa da polícia de Newark para coleta de armas ilegais.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um projeto pioneiro em Newark, no Estado americano de Nova Jersey, vem transformando armas ilegais retiradas das ruas da cidade em joias.

O metal das armas e das balas recolhidas é fundido e moldado em pulseiras e braceletes pela designer Jessica Mindich.

Parte da arrecadação com a venda das peças, batizadas de Coleção Calibre, é destinada ao departamento de polícia da cidade, que utiliza o dinheiro para ajudar a financiar um programa que troca armas por dinheiro.

Desde o início do projeto, venda de joias já arrecadou US$ 20 mil para a polícia de Newark

O projeto vem sendo implementado em um momento em que a questão do porte de armas ocupa o topo do noticiário e das prioridades políticas em Washington, por conta do recente massacre na escola primária Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, no qual 26 crianças e professores foram mortos por um atirador.

Segundo o diretor da polícia de Newark, Samuel Demaio, no ano passado foram retiradas de circulação 855 armas ilegais na cidade, que viu pela primeira vez em vários anos uma redução no número de assassinatos.

"Há definitivamente uma correlação entre tirar armas das ruas e a queda nas taxas de assassinatos e tiroteios", afirma Demaio.

Desde o início do projeto para transformar armas em joias, mais de US$ 20 mil já foram destinados à polícia por esse meio.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.