Modelo ‘peluda’ em cartaz de campanha contra uso de peles causa polêmica

Atualizado em  15 de novembro, 2012 - 13:49 (Brasília) 15:49 GMT
Foto: Peta

Campanha associa excesso de pelos ao uso de pele

Uma campanha da organização Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta, na sigla em inglês) causou polêmica na Grã-Bretanha ao mostrar uma modelo "peluda".

Na nova propaganda a modelo Joanna Krupa é mostrada usando apenas uma calcinha e exibindo o que seria um excesso de pelos.

O objetivo é associar o excesso de pelos ao uso de peles e ridicularizar os dois.

A ONG Peta, conhecida por suas ações no mundo da moda, alega que o uso de peles implica em crueldade contra os animais e defende que as pessoas usem tecidos alternativos.

Mas, para Harriet Walker, especialista em moda de um dos principais jornais britânicos, o The Independent, o cartaz faz uma crítica à algumas mulheres, comparando "a virilha não depilada de uma modelo a usar peles".

"Claramente, esta imagem é um pouco de mau gosto - isto é o que a Peta faz e, algumas vezes, é eficaz", escreveu Harriet em um artigo no Independent.

"Mas isto vem antes de você analisar o quanto é ofensivo e grotesco para mulheres sugerir que sua camada térmica natural é a)sexualmente desmotivante e b)o equivalente a usar partes de um animal morto."

A própria modelo deu entrevista à Peta comentando a campanha.

"Eu queria fazer esta campanha e continuar falando às pessoas sobre como (o uso de) peles é ruim. Parem! Pele não é sexy. Não é Legal. Você está andando pela rua usando peles - você realmente parece um idiota", afirmou Krupa à organização.

Histórico controverso

O jornal americano Huffington Post também divulgou a última campanha da Peta com a modelo polonesa lembrando que não é a primeira vez que a organização usa este tipo de recurso.

"A Peta capitaliza com propagandas chocantes, que, frequentemente, mostram celebridades nuas para promover os direitos dos animais."

Nomes famosos como Naomi Campbell, Pamela Anderson e atrizes como Eva Mendes e Charlize Theron já participaram de algumas destas ações, sempre com o slogan "I'd rather go naked than wear fur" (ou, "Prefiro ficar nua do que usar pele", em tradução livre).

O britânico Daily Mail também comentou a propaganda da Peta mostrando inclusive fotos de bastidores com Joanna Krupa. E lembrando outras ações polêmicas.

O jornal citou um protesto da organização ocorrido em Los Angeles em 2011, no qual modelos nuas fingiam tomar banho em público causando até um acidente de trânsito.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.