BBC navigation

Ex-chef vira premiado escultor de manteiga

Atualizado em  6 de novembro, 2012 - 09:52 (Brasília) 11:52 GMT

Esculturas escorregadias

  • Foto: Caters
    Um ex-chef conseguiu a medalha de ouro para a Grã-Bretanha nas Olimpíadas de Culinária ocorridas na Alemanha graças às suas esculturas em manteiga. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Vipular Athukorale, de 49 anos, conquistou a medalha de ouro com duas esculturas: uma cena de Chapeuzinho Vermelho e um carro da Volkswagen. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Athukorale passa meses trabalhando em cada uma de suas obras, usando pequenos bisturis para criar as cenas. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Suas obras podem chegar a medir até 60 centímetros de comprimento. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Os dois trabalhos ganhadores demoraram quase três meses para ficar prontos. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    'Comecei a fazer esculturas de manteiga há 30 anos, quando trabalhava como chef', contou Athukorale. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    O ex-chef contou que seu interesse por arte o motivou a experimentar a inusitada técnica. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Athukorale tentou várias marcas até adotar uma margarina específica para massas e bolos que, segundo ele, é mais fácil de esculpir e mais difícil de derreter. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Ele cria uma estrutura em aço inoxidável e com fios. O escultor então cobre tudo com a margarina e começa a esculpir cuidadosamente. Foto: Caters
  • Foto: Caters
    Se as obras forem mantidas longe da luz direta do sol e de aquecedores, elas podem durar anos. Foto: Caters

Esculturas escorregadias

Um ex-chef, que é agora também escultor, ganhou a medalha de ouro para a Grã-Bretanha nas Olimpíadas de Culinária ocorridas na Alemanha em outubro graças às suas esculturas em manteiga.

Vipular Athukorale, de 49 anos, conquistou a medalha de ouro com duas obras: uma cena de Chapeuzinho Vermelho e um carro da marca Volkswagen.

Athukorale passa meses trabalhando em cada uma de suas peças, usando bisturis pequenos para criar detalhes em trabalhos que podem chegar a medir até 60 centímetros de comprimento.

"Comecei a fazer esculturas de manteiga há 30 anos, quando trabalhava como chef", contou Athukorale, acrescentando que sempre gostou de artes.

O ex-chef ouviu falar que era possível esculpir com manteiga e resolveu tentar. Athukorale experimentou várias marcas até adotar uma margarina específica para massas e bolos que, segundo ele, não derrete tão facilmente.

Ele cria uma estrutura em aço inoxidável e com fios para, então, cobrir tudo com a margarina e começar a esculpir cuidadosamente.

E o que surpreende é que, se as obras forem mantidas longe da luz direta do sol e de aquecedores, podem durar anos. Mas, para evitar a poeira, Athukorale precisa manter as esculturas dentro de caixas de plástico.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.