BBC navigation

'Novela' de época britânica vira fenômeno mundial

Atualizado em  17 de setembro, 2012 - 07:17 (Brasília) 10:17 GMT
Foto: PA/ITV

A série concorre a 16 prêmios Emmy nos Estados Unidos

Desde que chegou à televisão pela primeira vez em 2010, a série britânica de época Downton Abbey se transformou em sucesso mundial. A terceira temporada, que acaba de estrear no Reino Unido, é passada durante os glamourosos anos 20 na Inglaterra.

A série, que é acompanhada como uma novela pelos fãs, conta a história da família aristocrática Crawley, dona da vasta propriedade chamada de "Downton Abbey" durante o turbulento início do século 20.

Com seus direitos de transmissão vendidos para mais de 100 países, o programa se transformou rapidamente em um dos principais produtos de exportação britânicos.

Surpreendendo os próprios criadores da série, o público norte-americano também se apaixonou imediatamente pelos Crawley. No final de setembro, Downton Abbey concorrerá pelos prêmios Emmy - a maior premiação da TV americana - em 16 categorias, com seriados já consagrados como Mad Men e Homeland.

Julian Fellowes, o roteirista e co-criador de Downton Abbey, afirma não ter ideia de qual é o segredo desse sucesso, mas reconhece que uma das chaves está no ritmo dos episódios, sobretudo comparados com os de outras séries de época.

"Quando você vê uma delas (outras séries de época) em DVD, sabe que tem que ir com calma e pensar: 'vai ser uma longa história'. Conosco, não é preciso fazer isso."

"(Downton Abbey) Parece uma série de TV britânica tradicional, clássica, agradável com roupas e cenários bonitos e tudo isso. Mas, na verdade, tem o ritmo de um programa muito mais moderno, em que muitas histórias se passam ao mesmo tempo e você tem que se concentrar para vê-las", explica Fellowes.

O encanto das histórias

"(Downton Abbey) Parece uma série de TV britânica tradicional, clássica, com roupas e cenários bonitos e tudo isso. Mas, na verdade, tem o ritmo de um programa muito mais moderno."

Julian Fellowes, roteirista

O elenco fala maravilhas do talento literário de Fellowes. Jim Carter, que interpreta o mordomo Carlson, um dos muitos indicados ao Emmy, diz que o segredo está na trama. "Se você tem bons personagens e boas histórias, as pessoas acompanharão a série."

Depois que Downton Abbey ganhou prêmios no Bafta, no Emmy e no Globo de Ouro, diretores de elenco americanos começaram a prestar atenção nos atores da série como Dan Stevens, que interpreta Matthew Crawley, um dos personagens centrais da trama.

No próximo mês, Stevens estrelará uma peça na Broadway, em Nova York, junto à atriz americana Jessica Chastain (conhecida por seu papel no filme The Help).

"É incrível. Muitos tem a aspiração artística de atuar nos Estados Unidos e, no nosso caso, quando começamos, ninguém tinha essa intenção", diz o ator.

A "mania" de Downton também se espalhou pela internet, com inúmeros vídeos fazendo paródias bem humoradas. Uma delas, feita com bonecos de animais, é "acompanhada" por alguns membros do elenco, como a atriz Michelle Dockery, que interpreta Lady Mary Crawley.

Duas lendas em ação

Um dos principais atrativos da terceira temporada é a incorporação da atriz americana Shirley MacLaine ao elenco. Ela interpreta a extravagante mãe da condessa de Grantham, Cora, cuja personalidade pragmática contrasta com a fleuma britânica da matriarca interpretada por Maggie Smith.

Shirley MacLaine | Foto: PA/ITV

Atriz americana ouviu falar do programa britânico no salão de beleza

MacLaine - que disse ter ouvido falar na série pela primeira vez por sua cabeleireira nos Estados Unidos - causou sensação nos sets, entretendo os atores com histórias de sua carreira.

"Shirley é uma lenda de Hollywood e Maggie é uma lenda do teatro e do cinema, por isso o encontro foi maravilhoso. Foi um prazer estar na companhia de ambas", diz Jim Carter.

Em entrevista ao jornal Toronto Star, Maggie Smith disse que a presença da colega americana nas gravações foi "uma injeção de ânimo para todos", mas brincou com suas ideias menos ortodoxas.

"Eu sei que há algo lá fora e, assim como a maioria das pessoas, tendo a acreditar nisso quando as coisas estão ruins. Mas não sou como Shirley MacLaine, que provavelmente acredita que nós fomos amantes em uma vida passada", disse.

As tramas da terceira temporada de Downton Abbey permanecem um mistério, e os atores já admitiram que destroem seus roteiros após lê-los, para evitar "vazamentos" de informações.

Mais misterioso ainda é o futuro da série, cuja quarta temporada ainda não foi confirmada pelo canal ITV.

"Acho que me surpreenderia se isso não acontecesse, especialmente por causa dos Emmys, mas ainda não me pediram", diz Julian Fellowes.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.