BBC navigation

Arquiteto propõe 'edifício de vida selvagem' contra poluição em áreas urbanas

Atualizado em  19 de janeiro, 2012 - 10:18 (Brasília) 12:18 GMT

Arquiteto projeta 'edifício' aquático para abrigar natureza em grandes cidades

  • (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
    Novas construções em áreas urbanas costumam oprimir a vida selvagem. Essa constatação incomoda o arquiteto holandês Koen Olthuis, que resolveu pensar em uma estrutura urbanística destinada apenas à fauna e à flora. Assim surgiu a ideia da Sea Tree (árvore marinha', em tradução livre), uma espécie de edifício a ser construído em lagos e rios metropolitanos. (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
  • (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
    A estrutura tem cerca de 30 metros de altura e pode se estender para entre 6 e 8 metros sob a água, inspirada em plataformas petrolíferas. O custo é estimado em cerca de US$ 9 milhões (R$ 16 milhões). (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
  • (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
    Banida para humanos, a Sea Tree tem como objetivo servir de refúgio para plantas, pássaros, abelhas e para a vida marinha, entre outros animais. Segundo Olthuis, pode ajudar no processo de limpeza de rios poluídos e na absorção de água da chuva. (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
  • (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
    O arquiteto diz que está conversando com diversas administrações municipais na tentativa de viabilizar o projeto. Acima, os círculos mostram áreas da cidade que poderiam ser "positivamente afetadas" pela proliferação de pássaros e outros animais. (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
  • (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)
    Acima, o desenho mostra os tipos de fauna e flora que, segundo os autores do projeto, poderiam se desenvolver nos arredores da Sea Tree. "Quero que seja um primeiro passo para que os arquitetos percebam que não podemos construir apenas para nós (humanos)", disse Olthuis à BBC Brasil. (Imagem: Koen Olthuis - Waterstudio.NL)

Urbanismo ecológico

Em vez de usar o espaço urbano para construir estruturas apenas para os seres humanos, um arquiteto holandês resolveu pensar em projetos urbanísticos também para a vida selvagem.

"Quanto mais construímos, mais deslocamos a flora e a fauna", justificou o arquiteto J. Koen Olthuis. Daí a ideia de construir algo destinado apenas a animais e plantas. "Há pouco espaço nas cidades grandes, mas ainda podemos aproveitar a água", disse à BBC Brasil.

Assim surgiu a Sea Tree ("árvore marinha", em tradução livre), uma construção de cerca de 30 metros de altura (mais cerca de 6 a 8 metros sob a superfície) que tem como objetivo servir de refúgio para plantas, animais marinhos e pássaros, por exemplo.

A estrutura do projeto é semelhante à de uma usada para construir plataformas de petróleo no mar, mas serve para grandes rios e lagos urbanos. O custo, estima, é de cerca de US$ 9 milhões (R$ 16 milhões), "mas estamos tentando barateá-lo".

Olthuis argumenta que projetos como esse podem aumentar a fauna e flora das cidades grandes, ajudar a limpar rios poluídos e absorver a água da chuva.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.