Cuba culpa 'contrarrevolucionários necrófilos' por rumores de morte de Fidel no Twitter

Atualizado em  5 de janeiro, 2012 - 09:02 (Brasília) 11:02 GMT
Fidel Castro (AP)

Mídia estatal cubana acusou exilados de espalhar rumores

A mídia estatal cubana acusou o site de microblog Twitter e cubanos exilados de espalhar rumores na internet de que Fidel Castro teria morrido.

O website Cubadebate publicou um artigo em que chama os expatriados na Flórida de "contrarrevolucionários necrófilos" e diz que o Twitter intensificou os boatos, que começaram na segunda-feira, por permitir que #FidelCastro se tornasse um dos assuntos mais comentados, chegando ao quarto lugar entre os trending topics.

O artigo intitulado "Nova mentira contra #FidelCastro fracassa no Twitter" também afirmou que um internauta em particular, chamado Naroh, teria dado início aos rumores.

Acusação

O dono da conta @Naroh, que diz que seu nome é David Fernandez, que tem 20 anos e vive na Espanha, se disse surpreso com a acusação do website cubano.

Ele publicou no Twitter: "Cuba me culpa por começar o boato sobre a morte de Fidel Castro".

"Eles deveriam checar suas 'informações' antes de culpar alguém sem razão alguma. Eu escrevi sobre isso quando o assunto já estava na lista de mais populares e meus tuítes eram piadas em sua maioria. Eu não comecei nada", afirmou Naroh.

Fidel Castro, de 85 anos, passou o poder a seu irmão Raúl em 2006, após ficar gravemente doente, mas ainda publica colunas de opinião ocasionalmente.

Boatos sobre sua suposta morte na internet não são novidade. Em agosto de 2011, uma foto alterada circulou na rede mostrando o líder cubano em um caixão.

O artigo do Cubadebate também afirma que Fidel é a pessoa que sofreu mais tentativas de assassinato na História.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.