BBC navigation

Tubarão-branco mata mergulhador americano na Austrália

Atualizado em  22 de outubro, 2011 - 09:51 (Brasília) 11:51 GMT
Tubarão Branco (Getty)

Testemunhas disseram ter visto um tubarão branco, como o desta imagem de arquivo

Um mergulhador americano de 32 anos foi morto por um tubarão-branco na Austrália, segundo autoridades locais.

O homem, que vivia e trabalhava no país e não teve o nome divulgado, estava mergulhando sozinho na ilha Rottnest, perto de Perth, na Costa Oeste australiana.

Testemunhas em seu barco viram uma grande quantidade de espuma vindo à tona, seguida do corpo do mergulhador, que tinha ferimentos fatais óbvios, segundo a polícia.

Duas pessoas no barco disseram que o ataque foi realizado por um tubarão-branco de cerca de três metros de comprimento.

A morte do mergulhador acontece apenas dias depois do desaparecimento de Bryn Martin, um empresário de 64 anos, visto pela última vez no dia 10 de outubro a 350 metros da areia na praia de Cottesloe, em Perth.

Sua sunga foi encontrada no fundo do mar, com danos que seriam consistentes com um ataque de tubarão.

No mês passado, um bodyboarder de 21 anos, Kyle Burden, foi morto perto da Baía de Bunker, a 260 quilômetros de Perth, enquanto em agosto do ano passado, o surfista Nicholas Edwards, de 31 anos, foi atacado e morto por um tubarão próximo dali, em Gracetown.

Tubarões são comuns nas águas australianas, mas de acordo com especialistas do país ataques são raros, com 53 mortes registradas nos últimos 50 anos.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.