BBC navigation

Com aprovação de veto, fãs assistem à última tourada de Barcelona

Atualizado em  24 de setembro, 2011 - 21:21 (Brasília) 00:21 GMT

Organizadores esperam 20 mil fãs na última tourada em Barcelona

Espanhóis da Catalunha assistiram neste domingo à última tourada na região, já que na próxima semana entra em vigor uma lei proibindo a prática.

Cerca de 20 mil pessoas lotaram a Arena Monumental de Barcelona, onde poderão ver os toureiros mais famosos do país em ação.

Legisladores da Catalunha votaram pelo veto das touradas no ano passado, após 180 mil pessoas assinarem uma petição, alegando que a prática é cruel. Opositores ao veto já disseram que vão levar à questão à Suprema Corte espanhola.

“Essa é uma arena tão bonita, com tanta tradição para os toureiros e para a celebração nacional. É uma pena”, disse o toureiro Julián Lopez à agência Associatede Press.

Mercado negro

De acordo com a correspondente da BBC em Barcelona, Sarah Rainsford, as ingressos para a tourada histórica foram vendidos a uma velocidade recorde e chegaram a custar no mercado negro cinco vezes o valor do original.

No entanto, a Arena Munumental não atraía multidões como essa há muito tempo. E é justamente essa falta de apoio às touradas que, segundo Rainsford, incentivou os legisladores a aprovar o veto.

A correspondente afirma ainda que é crescente na Espanha a conscientização dos direitos dos animais e, especialmente, do desejo dos nacionalistas catalães de se diferenciarem do restante dos espanhóis e de suas tradições.

As touradas são permitidas em todas as regiões da Espanha, exceto nas Ilhas Canárias. Os ativistas que lutam contra as touradas agora querem estender o veto à outras regiões.

Rainsford explica que eles terão dificuldades especialmente na Andaluzia e em Madrid, dois dos berços das touradas.

Muitos moradores desses locais costumam desprezar argumentos de crueldade contra animais e argumentam que as touradas são uma tradição antiga que precisa ser protegida e preservada.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.