Europa

Governo italiano envia Exército para recolher lixo em Nápoles

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Soldados do Exército italiano chegaram nesta segunda-feira à cidade de Nápoles, no sul da Itália, para uma operação de limpeza da cidade, que vive uma nova crise no manejo do lixo. Cerca de 2 mil toneladas de dejetos estão sendo empilhados nas ruas há cerca de 3 meses.

O lixo se acumula devido a falhas técnicas em incineradores e à falta de investimento em novos aterros sanitários. Acredita-se que a máfia, em operações de despejo ilegal de lixo tóxico, também teria contaminado os aterros e contribuído para o problema.

O primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, anunciou o envio de 170 soldados e 73 caminhões militares para solucionar o problema.

Rua de Nápoles, na Itália.

O Exército italiano recolherá o lixo acumulado nas ruas de Nápoles

É a segunda vez que o Exército italiano é enviado com a mesma missão na cidade.

Em 2008, o premiê tomou a medida para conter uma crise similar, após prometer que resolveria a situação durante sua campanha para as eleições gerais.

Agora, semanas antes das eleições regionais, a volta dos soldados para resolver o mesmo problema gerou críticas de alguns napolitanos, que acusam o premiê de só ter tomado a atitude a fim de facilitar aos eleitores o acesso a centros de votação.

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.