União Europeia

Cidade italiana enfrenta desafio de onda migratória vinda da África

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

A pequena Ventimiglia, na costa da Itália, é mais uma cidade europeia a enfrentar um desafio crescente: o município se tornou uma porta de entrada para imigrantes do norte da África, que tentam escapar da pobreza e dos conflitos em seus países de origem.

Na cidade italiana, os imigrantes – em sua maioria tunisianos - tentam obter vistos temporários, concedidos por razões humanitárias, que lhes permitam viajar para outros países da Europa. O principal destino escolhido é a França, que fica a apenas 7 km de Ventimiglia.

A BBC acompanhou a viagem de um grupo de imigrantes que cruzou de trem a fronteira entre Itália e França. Eles dizem que gostariam de conseguir trabalho na Europa, já que o desemprego é alto na Tunísia.

Imigrante tunisiano em Ventimiglia busca visto para viajar pela Europa

Imigrantes em Ventimiglia tentam escapar de conflitos no norte africano

A atual onda migratória coloca em xeque o sonho europeu de eliminar suas fronteiras, e cada vez mais países do continente se mobilizam para conter a entrada de estrangeiros.

Os tunisianos que a BBC acompanhou entraram preocupados em solo francês, com medo de serem detidos. Isso porque o governo da França tem se queixado do excesso de imigrantes africanos que têm chegado via Itália.

Já a Itália se diz sufocada com o excesso de imigrantes. Só neste ano, o país já recebeu 25 mil estrangeiros, por causa dos conflitos em curso no norte da África.

A imigração se tornou um dos principais temas na relação franco-italiana.

Nesta terça, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o premiê italiano, Silvio Berlusconi, pediram mudanças no Tratado de Schengen, que permite a livre circulação de pessoas na maioria dos países da União Europeia.

Clique Leia mais na BBC Brasil: Itália e França pedem revisão de tratado de circulação na Europa

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.