Nova Zelândia tem toque de recolher após terremoto

Destroços em Christchurch

Christchurch foi fortemente atingida e está sob toque de recolher

As autoridades da Nova Zelândia decretaram neste sábado um toque de recolher na cidade de Christchurch, a segunda maior do país, que foi atingida por um forte terremoto.

O tremor de magnitude sete atingiu a ilha sul da Nova Zelândia na sexta-feira. Christchurch foi a cidade mais afetada na região e teve estado de emergência decretado.

Fortes tremores secundários ainda estão sendo sentidos. Meteorologistas preveem que fortes ventos atingirão a cidade nas próximas horas.

Dois homens ficaram gravemente feridos devido a estilhaços, mas não houve confirmações de mortes até o momento.

"A destruição é incrivelmente assustadora. A única coisa que se pode dizer é que é um milagre que ninguém perdeu a vida", disse o premiê neozelandês, John Key, em entrevista a um canal de televisão.

As autoridades decretaram o toque de recolher para evitar que as pessoas sejam atingidas por destroços de prédios, que ainda estão desmoronando. O prefeito da cidade, Bob Parker, disse que a destruição provocada pelo terremoto foi grande. No entanto, a eletricidade já foi restabelecida, e caminhões estão fornecendo água potável para a população.

'Anel de Fogo'

"Foi muito assustador. Eu estava dormindo e de repente a casa começou a balançar e ouvi um barulho como se um caminhão estivesse entrado pela janela", disse à BBC Susan Birkbeck, uma das moradoras de Christchurch.

Prédio destruído em Christchurch

O terremoto causou cortes no fornecimento de energia da cidade

"Agora estou sentada na minha cama cercada de vidro quebrado e não tenho ideia do que fazer."

O epicentro do tremor foi a 30 km a oeste de Christchurch, a 33 km de profundidade.

O sismo ocorreu as 4h35 no horário local (13h35 em Brasília). De acordo com a rádio New Zealand, o sismo foi sentido por cerca de 40 segundos, e terremotos secundários foram registrados posteriormente na área atingida.

Segundo o site do jornal New Zealand Herald, várias estradas foram bloqueadas por escombros depois que as fachadas de diversos prédios desabaram, deixando visível o interior das construções.

A Nova Zelândia fica no limite sul do chamado "Anel de Fogo" do Oceano Pacífico, como é conhecida uma área especialmente vulnerável a terremotos e erupções vulcânicas.

O país ocupa uma área da crosta terrestre onde a Placa tectônica do Pacífico converge com a placa Indo-Australiana e registra mais de 14 mil terremotos por ano, dos quais cerca de 20 chegam a cinco de magnitude.

O último tremor fatal na Nova Zelândia ocorreu em 1968, matando três pessoas na costa oeste da ilha sul.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.