Europa

Espanhol é preso por interromper batizado gritando 'não creio'

Crucifixo

O batizado foi interrompido no momento da oração do Credo

A Justiça da Espanha condenou nesta sexta-feira um ateu a um ano e dez meses de cadeia por interromper um batizado no momento da oração do Credo.

O incidente aconteceu quando o espanhol Raul C. P., de 38 anos, entrou na Paróquia de Cristo Rei de Usera, em um subúrbio de Madri, durante o batizado coletivo de cinco crianças.

Na hora da oração do Credo em que os fiéis respondiam em coro “creio em...”, o ateu gritou várias vezes “não creio” e depois ofendeu o sacerdote.

Segundo a sentença do Tribunal da Audiência Provincial de Madri, o homem “obrigou o padre a interromper a cerimônia com comportamento obsceno ante as imagens religiosas e os fiéis”.

O juiz decretou um ano de prisão por delito de atentado e mais dez meses por delito contra os sentimentos religiosos.

O Tribunal descarta a possibilidade de que o réu sofresse problemas mentais e a sentença não admite apelações.

Testemunhas

De acordo com o depoimento das testemunhas, Raul C.P. teria entrado na igreja em silêncio, sentou no último banco e permaneceu quieto durante a primeira metade da cerimônia.

Ele só teria levantado no instante da prece e começou a gritar, ao mesmo tempo em que os parentes e convidados.

Quando o batizado foi paralisado pelo sacerdote, o homem se aproximou do altar soltando palavrões e disse que a cerimônia representava “uma atitude que não leva a nada, nem a lugar algum”.

Depois discutir com vários fiéis dentro da paróquia, Raul C.P. foi algemado e levado pela polícia por “resistência à ordem pública”, segundo a sentença.

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.