Internet

Facebook passa a ter perfis especiais para membros que morreram

Facebook

Acesso a 'páginas memoriais' será restrito a parentes e amigos do morto

O site de relacionamentos Facebook anunciou que passou a dar a amigos e familiares de pessoas que morreram a opção de transformar os perfis dos falecidos no site em homenagens póstumas a eles.

Os perfis “tributo” permitem maior privacidade, de forma que apenas os amigos possam vê-los ou localizá-los com uma busca.

Os administradores do Facebook também irão retirar informações delicadas da página, como dados para contato.

Para tanto, os amigos ou familiares terão que apresentar "provas" da morte da pessoa, como um atestado de óbito ou um recorte de jornal, quando informarem o site sobre o falecimento.

"Quando alguém nos deixa, não sai de nossa memória ou da nossa rede social", disse Max Kelly, chefe de segurança do Facebook, escrevendo no blog oficial do site.

"Para refletir essa realidade, criamos a ideia de perfis-tributo, um lugar onde as pessoas podem guardar e compartilhar suas lembranças dos que se foram".

Ataque virtual

O Facebook voltou, nesta semana, a ser alvo de ataques de criminosos cibernéticos.

A empresa de segurança na internet Websense disse que usuários do site receberam milhares de mensagens, aparentemente vindas do Facebook Support - a rede de assistência técnica do site.

A mensagem falsa convida o usuário a baixar uma nova senha de segurança. Se a pessoa clica na senha, é baixado um programa que permite que o computador seja operado por hackers.

No período de um dia, a Websense identificou 90 mil mensagens desse tipo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.