Aquarelas de Hitler são leiloadas em Nuremberg

Aquarela de Adolf Hitler

Todas as aquarelas estão assinadas

Três aquarelas supostamente pintadas por Adolf Hitler foram leiloadas por 42 mil euros (cerca de R$ 111 mil) em Nuremberg, na Alemanha, neste sábado.

O leiloeiro Herbert Weidler afirmou que as telas foram vendidas a compradores que fizeram os lances por telefone. O quadro que retrata a cidade austríaca Weissenkirchen in der Wauchau alcançou 24 mil euros (cerca de R$ 63 mil).

As aquarelas assinadas datam de 1910 e 1911, quando o líder da Alemanha durante a Segunda Guerra morava em Viena e tentava a carreira de artista.

‘Qualidade modesta’

Segundo Weidler, a qualidade das pinturas é equivalente ao trabalho de “um professor de artes de cidade pequena que tenha aprendido a desenhar”.

Segundo ele teria dito a agência de notícias Reuters, as pinturas não revelam grande valor artístico.

Nos últimos anos, houve uma série de leilões das pinturas de Hitler.

Em abril, 13 do que se acredita serem pinturas do início de sua carreira foram vendidas em Shropshire, na Inglaterra, por mais de 95 mil libras (cerca de R$ 288 mil)

As telas, aparentemente, foram encontradas por um soldado britânico na Alemanha, em 1945.

Os leilões das pinturas de Hitler costumam ser controversos, com alguns questionando a autenticidade das obras e outros a moralidade de se lucrar com o trabalho de um líder nazista.

Weidler já havia leiloado outras obras de Hitler e teria doado sua comissão para um museu judaico.

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.