Imagens mostram violência nas ruas do Irã no domingo

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

O candidato da oposição derrotado nas eleições presidenciais do Irã, Mir Hossein Mousavi, cancelou uma grande manifestação marcada para esta segunda-feira, em um momento de crescente tensão que se seguiu à votação de sexta-feira.

Em um dos vários incidentes violentos registrados no fim-de-semana, policiais em motocicletas perseguiam manifestantes da oposição com cassetetes.

Mousavi, um moderado, apresentou uma queixa formal de fraude na votação e pediu a anulação dos resultados.

O presidente reeleito do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse que a votação foi justa e culpou a imprensa estrangeira pelos distúrbios. Ele discursou para dezenas de milhares de pessoas, que realizaram uma manifestação em Teerã no domingo para comemorar a reeleição.

O repórter da BBC em Teerã, Jon Leyne, percorreu as ruas da capital, Teerã, no fim-de-semana e fala da reação dos eleitores ao resultado da votação.

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.