Austrália

Camundongos atacam idosos em asilo na Austrália

Rato (arquivo)

Veterano de guerra e outro idoso foram atacados em asilo

O governo australiano pediu uma investigação após idosos terem sido atacados por camundongos em um asilo.

Um veterano de guerra de 89 anos foi encontrado coberto por sangue e teve que ser sedado depois que os roedores o morderam nas orelhas, na face e no pescoço no asilo de Karingal, a 200 km de Brisbane, no Estado de Queensland (leste do país).

A filha do veterano, que não quis ser identificada, disse ao jornal Corrier Mail que seu pai sofreu dez ferimentos na região da cabeça e ficou tão angustiado que pediu por morfina e quase morreu.

Além do veterano de guerra, outro idoso também foi atacado, porém não sofreu ferimentos.

"Perturbador"

Segundo a Ministra da Saúde e Terceira Idade de Queensland, Justine Elliot, "o incidente no asilo foi extremamente perturbador".

A ministra afirmou que o asilo pode ser fechado caso a investigação aponte condições impróprias de saúde e segurança no local.

Os funcionários também serão investigados sobre o caso, disse Elliot.

Enquanto a investigação não é concluída, a administração do asilo está tentando exterminar os animais, colocando mais armadilhas.

Camundongos são considerados pragas em partes do Estado de Queensland. O Departamento de Saúde diz que a infestação ocorre quando a clima começa a esfriar e obriga os roedores a procurar locais mais aquecidos.

O Sindicato de Enfermeiros disse estar chocado pelo ocorrido e solicitou o fechamento do asilo, caso as autoridades não consigam remover os roedores.

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.