BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
09 de maio, 2003 - Publicado às 19h02 GMT
Alpinista que cortou o próprio braço promete voltar à ação
Aron Ralston explicou como amputou o braço
Aron Ralston explicou como amputou o braço

O alpinista americano que amputou o próprio braço depois de ter ficado cinco dias com ele preso sob uma rocha disse que não espera a hora de voltar à ação.

Aron Ralston contou como cortou o braço direito durante uma entrevista em Grand Junction, Colorado, onde está se recuperando.

"Eu fiz o que tinha que fazer", disse ele, ao comentar o que para muitas pessoas parece impensável.

Ele próprio admitiu que não sabe de onde surgiu a força para lidar com a situação.

Jornada

O drama de Ralston começou no dia 26 de abril, em um passeio que deveria ter durado apenas um dia.

Ele foi até o parque Parque Nacional dos Cânions, no Colorado, com sua picape, parou o veículo no estacionamento, pegou sua bicicleta e pedalou cerca de 24 km até a abertura de um cânion – uma garganta profunda.

A idéia era descer o cânion, que terminava próximo do local onde a picape estava parada, pegar o veículo e ir buscar a bicicleta, que ele havia deixado presa a uma árvore em um ponto no início da garganta.

O drama começou quando, durante uma de suas manobras, um grande rocha escorregou e prendeu a mão de Ralston contra a parede de pedra.

Espera e dor

O alpinista tentou várias alternativas para tentar soltar a sua mão, desde tentar tirar lascas da pedra com seu canivete até usar as polias e cordas que estava carregando para tentar mover a pedra. Nada funcionou.

Após três dias, a água e a comida, apenas algumas barras energéticas, acabaram e ninguém o havia encontrado.

Nesse ponto, diz o alpinista, ele começou a pensar que teria que se salvar sozinho.

Com calma, Ralston contou que tentou decepar sua mão com o canivete, mas que a lâmina estava tão cega que mal dava para cortar a pele.

No quinto dia, ele diz ter percebido que a faca não seria suficiente para cortar os ossos de seu braço e decidiu que precisaria quebrá-los.

"Eu consegui primeiro quebrar o rádio e em alguns minutos depois quebrei o cúbito na área do pulso", afirmou, se referindo aos dois ossos do braço do antebraço. Ele então usou o canivete para finalmente amputar a mão.

Sem resgate

Mesmo depois de ter amputado o braço, Ralston teve que rastejar por um cânion tortuoso, descer um precipício de 18 metros e andar 10 km pelo cânion.

Quando ele encontrou outros aventureiros e foi socorrido, estava a apenas cerca de 2 km de seu carro.

Apesar de ter sangrado bastante e ter ficado desidratado, o alpinista chegou andando ao hospital onde foi tratado.

Ralston disse que, durante os cinco dias em que esteve preso, sentia um misto de calma e depressão com a possibilidade de morrer.

Ele afirmou que imaginava seu corpo sendo levado por uma enchente antes que qualquer pessoa pudesse encontrá-lo.

"Pode ser que eu nunca entenda completamente os aspectos espirituais do que eu vivenciei. A fonte do meu poder foram os pensamentos e as orações de muitas pessoas."

Uma equipe de resgate procurou pelo alpinista durante três dias. Segundo um dos membros da equipe, seria praticamente impossível ter localizado Ralston a partir do helicóptero que foi usado para procurá-lo.

A equipe tentou também recuperar a mão para verificar a possibilidade de que ela fosse reimplantada.

Embora tenham reencontrado o local onde ele ficou preso, o esforço não adiantou. Ralston, provavelmente, terá que usar uma prótese.
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.







Links externos:
Parque Nacional de Canyonlands
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC