BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
25 de setembro, 2002 - Publicado às 12h45 GMT
Mais invenções



 Clique aqui para ouvir esta coluna do Ivan Lessa

Outro dia mesmo, eu contei aqui do inglês que inventou a escada para salvar aranhas de morrerem afogadas na banheira.

Num mundo em que, nas primeiras páginas dos jornais, o que dá mesmo são as armas de destruição em massa, eu prefiro os loucos, os excêntricos ou os simplesmente mais práticos, só que de uma maneira que nunca nos ocorreria.

Não quero saber do dossiê sobre Saddam e suas armas biológicas e químicas precisamente por que vou acabar sabendo, o que, convenhamos, ainda é bem melhor do que acabar sentindo.

Vou então para as páginas levianas dos jornais. Não chego ao exagero da moda ou das andanças desses idiotas que andam por aí se fazendo passar por celebridades. Não. Passei a colecionar bizarrias. Exatamente como fazem os ingleses.

Hoje, meu assunto não é bem uma invenção. É mais um produto comercial inusitado. Sua origem? Zaponês, nô?

Trata-se do seguinte: um capacete plástico vermelho, encontrado no Japão em vários tamanhos, que assegura ao trabalhador uma soneca descansada entre a casa e o trabalho, ou vice-versa, sem medo de perder a estação desejada.

O mundo todo sabe que os japoneses são viciados em trabalho. Ninguém trabalha mais que japonês. Além do mais, não trabalha em arma de destruição em massa, ao menos até onde sei. Estão sempre, pois, com um soninho fazendo cócegas atrás das pálpebras. Voltemos ao capacete.

O cidadão bota o capacete vermelho na cabeça. Na frente do dito cujo está escrita a seguinte mensagem: "Estou tirando uma soneca. Poderia me fazer o favor de me acordar quando o trem parar na estação cujo nome se pode ler abaixo. Muito grato."

Abaixo, o nome da estação. Mais: na parte traseira do capacete, um dispositivo com uma borrachinha de sucção na ponta é adaptado à janela do trem ou do metrô de forma a manter a cabeça do viajante na posição correta – e que não venha a babar no ombro dos vizinhos.

Seria melhor que esse capacete pegasse no Ocidente do que a idéia de acabar com Saddam ou Iraque.


 Clique aqui para ouvir esta coluna do Ivan Lessa
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.









Notícias relacionadas:
23 de setembro, 2002
  O campo na cidade
20 de setembro, 2002
  A volta dos eremitas
18 de setembro, 2002
  Save the spiders
13 de setembro, 2002
  Britanicidades
11 de setembro, 2002
  11/09: Chega!
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC