BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
15 de julho, 2002 - Publicado às 13h27 GMT
O sanduíche perfeito



 Clique aqui para ouvir esta coluna do Ivan Lessa

Não posso dizer que tenha resolvido morar na Inglaterra por que foi aqui que o conde inventou, por preguiça durante um jogo de cartas, o famoso sanduíche. No entanto, sempre gostei de sanduíche, mesmo quando desconhecia sua origem nobre.

Eu estou dizendo uma bobagem já que todo mundo gosta de sanduíche. Sanduíches os mais variados, dos exóticos ao modesto (e vital) pão com manteiga, com ou sem média.

Mas há um sanduíche que não saiu desta ilha, não fez o sucesso do hambúrguer ou do cachorro quente. É o sanduíche da torrada com feijão branco em cima. Eu sou vidrado pelo sanduíche de feijão. Ou, para dar seu nome original, baked beans on toast.

Dos brasileiros residentes em Londres, que eu saiba, eu sou o único fã não só desse sanduíche como do baked beans, que, na verdade, trata-se apenas de feijão branco com molho de tomate. O baked (assado) é só para confundir os outros. Coisa de inglês. Tradicional como o feijão branco.

Mas vamos lá: em primeiro lugar, o feijão tem que ser em lata. De preferência, da marca Heinz, e eu estou apenas sendo fiel aos fatos e hábitos e não fazendo propaganda de coisa alguma.

Conheço gente que, meio de pilequinho, abre a lata e come frio mesmo. Não é meu caso. Foram-se os pileques, sobrou o feijão branco.

Eu abro a lata e esquento numa panelinha no fogo. E aí parto para o sanduíche. O perfeito sanduíche de feijão branco, portanto, não é, a rigor, sanduíche, mas sim uma torrada com feijão branco pousado em cima. Ótimo, para atrapalhar ainda mais a cuca das pessoas.

A torrada não pode ser de torradeira professional. Tem de ser feita debaixo da grelha do forno e ficar apenas ligeiramente dourada. Aí, taca-se manteiga, com ou sem sal, até atingir, no máximo, uma profundidade de uns 2 milímetros na torrada.

O feijão, enquanto isso, numa quantidade de 280 gramas, é esquentado a 64º C, a fogo lento, numa panelinha. Deixe esfriar por um minuto e 8 segundos.

Depois, vai em frente. Acompanha um café com leite bem fraco. Ou suco de laranja feito de concentrado.

Em outra ocasião, contarei a maravilha que era o cachorro quente de linguiça vendido pela baiana em frente à entrada principal do Maracanã em dia de jogo.

 Clique aqui para ouvir esta coluna do Ivan Lessa
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.









Notícias relacionadas:
12 de julho, 2002
  Verão em Londres
05 de julho, 2002
  Questão de identidade
05 de julho, 2002
  Yes, eles têm bananas
05 de julho, 2002
  Thatcher perde a cabeça
03 de julho, 2002
  Notas de protesto
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC