Fale com a gente
BBC Brasil

Primeira página

Ivan Lessa

Especial

Fórum

Aprenda inglês

Parceiros

Sobre a BBC

Other Languages

 Você está em: Notícias

20 de dezembro, 2000 - Publicado às 09h30 GMT

Três palestinos morrem enquanto seguem negociações nos EUA
Rafah tem sido palco de trocas de tiros
Rafah tem sido palco de trocas de tiros

Três palestinos foram mortos na Faixa de Gaza nesta quarta-feira, enquanto continuam as discussões em Washington para retomar o processo de paz no Oriente Médio.

Entre os mortos está um adolescente de 14 anos, chamado Hani As-Sufi, que foi baleado na cabeça durante um pesado tiroteio na cidade de Rafah, na fronteira com o Egito.

As outras duas vítimas desta quarta são trabalhadores da defesa civil palestina. Eles foram mortos quando ocupantes de um jipe do exército israelense dispararam contra o veículo em que os dois estavam viajando.

O líder palestino Yasser Arafat disse que mortes como essas significam um obstáculo a mais para a retomada das negociações de paz com os israelenses.

Civis

Segundo Arafat, as ações israelenses podem "sabotar as tentativas dos EUA de fazer avançar o processo de paz".

Testemunhas disseram ter visto tanques de guerra israelenses dispararem contra o campo de refugiados de Rafah, deixando 25 feridos – entre os quais um bebê de sete meses de idade.

Os novos incidentes seguem mais uma tentativa do governo americano de colocar frente a frente os negociadores israelenses e palestinos.

Diplomatas americanos estão realizando negociações separadas com representantes dos dois lados com o objetivo de dar um novo impulso ao processo de paz antes que acabe o mandato presidencial de Bill Clinton, em 20 de janeiro.

Porém tanto israelenses quanto palestinos disseram que não têm grandes esperanças de que as negociações sejam retomadas.

Mudança

Os incidentes dos últimos dias ajudam a reduzir as expectativas em torno das negociações em Washington.

Antes mesmo das mortes desta quarta, o porta-voz do Departamento do Estado Philip Reeker disse que é muito importante que o ciclo de violência seja rompido.

"Para as negociações terem sucesso, é preciso que a situação se modifique na região", disse Reeker.

No Cairo, o presidente do Egito, Hosni Mubarak, encontrou tanto Arafat quanto um enviado do governo de Israel, Yossi Sarid.

O governo egípcio manifestou otimismo quanto às discussões em desenvolvimento nos Estados Unidos.

 Pesquisa na BBC Brasil

   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.









Matérias Relacionadas



Links Externos


A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.


    Para cima    

BBC Brasil
Fale com a gente
Brasil@bbc.co.uk

   

Primeira página | Ivan Lessa | Especial
Fórum | Aprenda inglês | Parceiros
Sobre a BBC

   
© BBC World Service
Bush House, Strand, London WC2B 4PH, UK.
Serviço Mundial da BBC:
Notícias e áudio em 43 línguas: