Veja a cobertura simulada do assassinato que provocou a 1º Guerra Mundial

Principais fatos

  • O herdeiro do trono imperial pisa pela primeira vez em Sarajevo, seis anos após a controversa integração da Bósnia ao Império Austro-Húngaro.
  • A saúde precária do imperador Francisco José, deu origem a rumores de que Francisco Ferdinando se torne o imperador num futuro próximo. Portanto, a visita é vista como uma forma de fortalecer a relação entre este território e o governo em Viena.
  • A visita coincide com o 14º aniversário de casamento do arquiduque com a duquesa Sofia, que foi duramente criticado pela realeza austríaca, a ponto que nenhum de seus três filhos será o herdeiro do trono. A duquesa acompanha na viagem.
  • Outro aniversário acontece neste 28 de Junho, a festa de São Vito, que marca a derrota dos sérvios contra os turcos na Batalha de Kosovo em 1389. A comunidade sérvia, 40% da população da Bósnia, lembra como um dia em que se tornou claro a coragem de seu povo.

Notícias ao vivo

08:34

Está encerrada a simulação da cobertura da BBC Brasil, minuto a minuto, da visita à Sarajevo do arquiduque Francisco Ferdinando da Áustria e sua esposa Sofia, duquesa de Hohenberg. Seu trágico desfecho deu início à 1º Guerra Mundial.

05:26

Bem vindo à cobertura da BBC Brasil de um momento chave da história que aconteceu há exatos 100 anos – o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando em Sarajevo. Para dar vida a esse momento histórico e torná-lo relevante para o público atual, estamos reencenando este evento usando técnicas modernas, para dar uma ideia de como ele seria coberto pela mídia de hoje.

05:30

Começa a cobertura da BBC Brasil, em tempo real, da visita à Sarajevo do arquiduque Francisco Ferdinando da Áustria e sua esposa Sofia, duquesa de Hohenberg. Este é o encerramento do giro de quatro dias do casal pela Bósnia.

05:31

Durante esta visita oficial, o casal ficou hospedado no luxuoso Hotel Bosna, em Ilidza, cerca de 10 km a oeste de Sarajevo.

A agenda do arquiduque e de sua esposa foi bastante corrida nestes quatro dias. Ontem à noite, eles marcaram presença em um banquete especial para 41 convidados, entre eles as principais autoridades militares, civis e religiosas da Bósnia.

O casal está neste instante a caminho de Sarajevo em um trem. A chegada está prevista para 9h50.

05:32

Esta é a primeira visita do casal real à Bósnia desde que o país se tornou parte do Império Austro-Húngaro, em 1908.

O arquiduque viaja com frequência pelo Império e já visitou alguns dos lugares mais longínquos do planeta – Austrália, Nova Zelândia, Nova Caledônia, Novas Hébridas, Ilhas Salomão, Nova Guiné, Sarawak, Tailândia, Hong Kong e Japão fizeram parte de um giro mundial em 1893.

Sua mais recente visita à Grã-Bretanha foi em novembro do ano passado. O arquiduque e a duquesa Sofia se hospedaram com o rei George 5o e a rainha Mary em Windsor. Durante a estadia, o casal visitou a Floresta de Sherwood e o Castelo de Bolsover. Comenta-se que o arquiduque é "um profundo admirador de tudo o que é britânico".

05:33

A visita à Bósnia é vista por muitos como um movimento por parte do imperador autro-húngaro Francisco José 1º para reforçar a presença real na região. A Bósnia-Herzegóvina se tornou parte oficial do império há seis anos, e a região recentemente assistiu a um grande investimento no setor militar.

O imperador Francisco José, de 83 anos, é um dos monarcas europeus há mais tempo no poder, tendo assumido o trono em 1848. Mas está doente há alguns meses. Um episódio de saúde mais grave, em abril, deu origem a rumores de que Francisco Ferdinando se torne o imperador num futuro próximo.

05:35

Apesar da fama de ter uma personalidade difícil nos círculos da nobreza europeia, o arquiduque ganhou a simpatia do público em 1900, ao escolher o amor em detrimento de seus deveres e se casar com uma dama de companhia, a condessa Sofia Chotek.

O casamento ganhou as primeiras páginas dos jornais na Áustria. Como membro da Casa Real de Habsburgo-Lorena, ele deveria escolher uma noiva que viesse de uma família real. A união com Sofia foi finalmente autorizada com a condição de que seus filhos não fariam parte da linha de sucessão ao trono austro-húngaro.

Sofia tem o título de duquesa mas não pode gozar de privilégios normalmente oferecidos a pessoas dessa categoria. Em Viena, ela é proibida de andar na carruagem real ou de se sentar nos camarotes reservados à família real. Mas, como a visita à Bósnia tem caráter militar, a duquesa Sofia restá recebendo todas as honras reais, e estará ao lado do marido durante o desfile programado para hoje.

05:38

Hoje, o casal real também comemora 14 anos de casados. Aqui, eles aparecem em retrato feito pouco depois do casamento, quando ele tinha 36 anos e ela, 32.

O correspondente para assutos da realeza, Nicholas Witchell, informa:

"Francisco Ferndinando e a condessa Sofia Chotek se casaram há 14 anos, apesar de grande oposição da família do arquiduque, que acreditava que devido a família modesta da noiva, ela não deveria ser considerada uma pretendente. Francisco Ferdinando foi forçado por seu tio, o imperador, a declarar que o casamento seria 'morganático', que significa que a condessa não tem o mesmo status real que seu marido."

"Mas, pelo menos para o arquiduque, hoje deve ser um dia feliz. É o aniversário do dia que seu tio finalmente concordou em permitir seu casamento com sua amada esposa, a condessa Sofia, que estará a seu lado durante a visita à Sarajvo."

05:42

Outra data importante está sendo marcada hoje na região, o Vidovdan, ou dia de São Vito. Para os sérvios bósnios, que representam 40% da população da Bósnia, o 28 de junho também é um dia de comemorações. O dia marca o aniversário da derrota da Sérvia para os turcos em 1389, na chamada Batalha do Kosovo. A data celebra ainda a coragem demonstrada pelos soldados sérvios durante o confronto.

  • Segundo a lenda, São Vito era um santo cristão da Sicília tornado mártir no século 4.
  • Na Idade Média, habitantes da Europa Central comemoravam a festa de São Vito dançando em volta de sua estátua.
  • Acredita-se que o santo protegia vítimas de doenças como a epilepsia e a coreia de Sydenham, que, por causar movientos involutários, também é chamada de “dança de São Vito”.
  • É também o santo padroeiro da Boêmia e das cidades de Rijeka (Croácia), Cimmina (Sicília, Itália), Winschoten (Holanda) e St. Vith (Bélgica).

05:47

Milhares de pessoas lotam as ruas pelas qual passará a comitiva real. A rota foi decorada com bandeiras e flores.

05:49

O trem está chegando agora à estação de Sarajevo, onde a comitiva será recebida pelo general Oskar Potiorek, governador militar da Bósnia-Herzegóvina, e pelo prefeito de Sarajevo, Fehim Effendi Curcic.