BBC navigation

cronologia dos fatos
Dilma convoca reunião de emergência em noite de caos pelo país; veja resumo do dia

Atualizado em  21 de junho, 2013 - 00:11 (Brasília) 03:11 GMT
Para ver as últimas atualizações, recarregue a página ou habilite o javascript
  1. Mais de um milhão de manifestantes foram às ruas de cidades espalhadas por todo o país nesta quinta-feira, em mais uma jornada de protestos.

    Em Brasília, em um dos momentos mais tensos da noite, manifestantes tentaram invadir o palácio do Itamaraty e colocaram fogo na entrada do prédio. Confrontos também foram registrados em diversas outras cidades, incluindo o Rio, onde dezenas de pessoas ficaram feridas.

    Uma pessoa morreu em Ribeirão Preto (SP), depois de ser atropelada por um motorista que avançou contra um bloqueio de manifestantes.

    A presidente Dilma Rousseff cancelou sua viagem ao Japão e convocou uma reunião emergencial com ministros, às 9h30 desta sexta-feira.

    Veja à direita um resumo dos principais fatos do dia. Abaixo, o relato dos acontecimentos em ordem cronológica:

  2. Na capital baiana, manifestantes seguem pelo centro da cidade em direção à Arena Fonte Nova, que receberá o jogo entre Nigéria e Uruguai às 19h, pela Copa das Confederações. Na última segunda-feira, uma manifestação reuniu cerca de 8 mil pessoas na cidade.

  3. Rita Santos, a ‘baiana do acarajé’ que venceu a Fifa

    Radicada há mais de 20 anos em Salvador, a carioca conseguiu que a entidade esportiva garantisse às baianas o comércio do quitute no interior do estádio Fonte Nova.
  4. Em Salvador, já há confronto entre manifestantes e policiais. Segundo o portal iBahia.com, alguns manifestantes quebraram vidros de um dos ônibus que fará o trajeto de torcedores até o estádio mais tarde. Ônibus e muros também estariam sendo pichados.

    Outros manifestantes teriam atirado pedras na polícia, que passou a lançar bombas de gás lacrimogêneo e já usa balas de borracha. O confronto acontece diante do Colégio Central, uma das escolas públicas mais tradicionais de Salvador.

     

     

     

  5. Policiais Militares começam a se posicionar na área em frente ao Museu Nacional e à Biblioteca Nacional de Brasília, segundo o portal G1.

    Em Belém, grupo marcha desde as 15h em direção à prefeitura. PM estima que 5 mil pessoas tenham se juntado ao protesto até agora.

    No Rio de Janeiro, manifestantes de concentram na Candelária. Em Goiânia manifestantes estão concentrados no centro da cidade e em Recife, passeata já reúne ceca de 36 mil pessoas.

  6. Em Salvador, Forças Armadas dão reforço à Tropa de Choque no confronto com manifestantes, que fazem barricadas com banheiros químicos. Outro grupo avança em direção à Arena Fonte Nova.

  7. Portal iBahia diz que há confronto no Dique do Tororó, próximo à Fonte Nova, em Salvador. A equipe do portal afirma que a polícia atirou bombas de gás lacrimogêneo "sem qualquer tipo de investida da população".A seleção do Uruguai acaba de deixar o hotel rumo à Arena Fonte Nova. 

  8. A prefeitura de São Bernardo informou, em nota divulgada nesta quinta, que a cidade e outras seis do ABC Paulista reduzirão suas tarifas de ônibus.

    "São Bernardo, São Caetano, Santo André, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires terão o valor da passagem baixado de R$ 3,20 para R$ 3. Já em Rio Grande da Serra, a tarifa foi reduzida de R$ 3 para R$ 2,90", diz o comunicado.

    A região também registrou protestos na última quarta-feira.

  9. A atual onda de manifestações levou a presidente Dilma Rousseff a adiar a viagem que faria ao Japão entre domingo e sexta-feira (28), informa a Agência Brasil.

    Dilma preferiu não se ausentar do país durante quase uma semana, segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência.

    A viagem que Dilma faria a Salvador nesta sexta, para lançar o Plano Safra do Semiárido, também foi adiada. A mudança na agenda foi feita a pedido do governador da Bahia, Jaques Wagner, por causa de dificuldades na agenda dos governadores do Nordeste por conta da Copa das Confederações.

  10. Portal iBahia diz que polícia conseguiu afastar manifestantes da Arena Fonte Nova, em Salvador. Há corre-corre na Avenida Joana Angélica e manifestantes começam a se dispersar, segundo equipes de reportagem.

  11. Salvador: Seleções já chegaram à Arena Fonte Nova, mas torcedores estariam encontrando dificuldades para chegar ao estádio. Portões foram abertos às 16h, mas fluxo de torcedores é pequeno.

     

  12. De acordo com o portal G1, um grupo de pessoas que não fazia parte do protesto estaria incitando a violência e assaltos aos participantes da manifestação em Recife. Manifestantes gritam "Sem violência".

  13. Protestos no Brasil e exterior compartilham símbolos

    Acampamentos, máscaras de Guy Fawkes e juventude dos manifestantes são vistos no mundo todo.
  14. Em Porto Alegre, o protesto estava marcado para começar às 18h, e muitos manifestantes, apesar da chuva, já estão reunidos no centro da cidade. Segundo informações divulgadas pela versão online do jornal Zero Hora, diversas universidades suspenderam as aulas hoje, e lojas fecharam as portas na capital gaúcha. Os manifestantes cantaram o hino do Rio Grande do Sul em frente à Prefeitura Municipal, onde iria começar a manifestação. O protesto já está tendo reflexo sobre o trânsito do centro. Por enquanto, não há relatos de violência.

  15. Em Salvador, um ônibus teria sido incendiado nas proximidades da Arena Fonte Nova. Parte dos manifestantes diz que irá em direção à prefeitura da cidade.

  16. Protestos em Salvador

  17. Em Belo Horizonte, o protesto desta quinta-feira contou com mais de 50 mil presenças confirmadas no Facebook. De acordo com informações do jornal O Estado de Minas em sua versão online, agentes da Força Nacional de Segurança estão nas ruas da capital mineira, atuando em conjunto com a Polícia Militar para garantir a ordem. Manifestantes se reuniram nas imediações da Praça Sete, no centro da cidade, com cartazes e apitos e gritando palavras de ordem. Ainda não está claro qual será o trajeto da passeata.

  18. Em Brasília, manifestantes se concentram em frente à Biblioteca Nacional para novo protesto, diz a Agência Brasil. Reunidos no Eixo Monumental, eles deverão seguir até o Congresso e realizar uma vigília contra a aprovação da PEC 37. Pedirão também mais saúde e educação.

  19. A Avenida Paulista está praticamente inteira tomada por manifestantes, informa Jefferson Puff, da BBC Brasil. Policiais acompanham, mas o clima é totalmente pacífico. Alguns carros na altura da av. Pamplona conseguiram cruzar a avenida com a ajuda da polícia.

  20. Moradores de Salvador dizem no Facebook que há feridos no centro da cidade. A Polícia estaria usando balas de verdade contra manifestantes, além de spray de pimenta,gás lacrimogêneo e balas de borracha. Policiais de diversas regiões do Estado estariam na capital, além da Guarda Nacional.

  21. Multidão toma conta da Avenida Paulista durante protestos que se espalham por todo o país. (Foto: AFP)

  22. Em Brasília, um grupo pequeno de manifestantes tenta se dirigir ao Palácio do Planalto, diz a Agência Brasil. A PM fez um cordão de isolamento na rua para impedir o deslocamento do grupo até a sede do Poder Executivo. A maioria dos manifestantes está concentrada no gramado do Congresso Nacional, que fica perto do palácio.

  23. Policial do BOPE dispara bombas de gás contra manifestantes, para tentar bloquear o acesso ao Arena Fonte Nova, onde a seleção da Nigéria deve enfrentar a do Uruguai, pela Copa das Confederações, nesta quinta-feira às 19h.

  24. Em Salvador, protesto se divide em três grupos. Manifestantes dizem à BBC Brasil que confronto está concentrado nas regiões próximas à Arena Fonte Nova e da Polícia.

  25. No Centro de São Paulo, trânsito intenso e estações de metrô mais cheias do que de costume, informa Jefferson Puff, da BBC Brasil.

  26. Algumas pessoas em áreas da Paulista, próximo ao shopping Center 3 e ao Masp, dizem que o clima da manifestação desta quinta está mais tenso do que em dias anteriores, com princípios de tumulto.

  27. Foram vários pontos de confusão, é difícil saber o mapa de todos os confrontos. Eu desci pelo Vale dos Barris (no centro) e recebemos muitas bombas de gás. E muita gente começou a ficar enfurecida com a ação "preventiva" da polícia e começou a jogar pedras.

    Houve muito quebra-quebra, havia microônibus a serviço da prefeitura, que tiveram os vidros todos quebrados. Também tinha gente jogando pedras nos carros da Polícia.

    Uma coisa que começou muito tranquila, com muitos cartazes terminou com as pessoas voltando, correndo da cavalaria da Polícia.

    A maioria das pessoas está voltando para o Campo Grande e se reunindo, mas muitas pessoas estão se dispersando.

  28. Leitores da BBC Brasil relatam que muitos manifestantes estão nas ruas em Natal (RN). No Twitter, o protesto ganhou a hashtag #RevoltadoBusão. Segundo o G1, a passeata corre pacificamente, mas há cenas de vandalismo.

  29. Emissora Band News informa que há confrontos nos protestos desta quinta-feira em Campinas (SP), entre guardas municipais e um grupo de manifestantes perto da prefeitura.

  30. Tensão cresce também diante da Prefeitura do Rio de Janeiro, com confrontos entre policiais e manifestantes. Bombas de gás lacrimogêneo foram disparadas.

  31. No Twitter, CET de São Paulo informa que uma manifestação na Marginal Tietê forçou a interdição da pista expressa e local no sentido Castelo Branco, após Ponte das Bandeiras.

  32. Uma enorme multidão toma a Presidente Vargas, no Rio, informa o repórter da BBC Brasil Caio Quero. O deputado federal Marco Feliciano e o senador Renan Calheiros sao alvo de boa parte dos cartazes. Mas há faixas contra a presidente Dilma e ate contrárias ao Bolsa Família. Bandeiras de partido são raridade.

    Perto da prefeitura, segue a tensão. A tropa de choque avança, e há cenas de vandalismo.

  33. Em Brasília, gramado em frente ao Congresso está completamente lotado, relata João Fellet, da BBC Brasil. Alguns manifestantes atiram morteiros na direção de policiais que bloqueiam o acesso ao edifício. Um manifestante ferido é retirado de maca.

  34. Carro do SBT é incendiado nas proximidades da Prefeitura do Rio.

    Como a polícia não deixa a multidão se aproximar do local, uma grande massa de pessoas está retornando pela av Getúlio Vargas no sentido Candelária, informa Caio Quero, da BBC Brasil.

    Ao menos uma pessoa dessa multidão está ferida.

  35. Em Brasília, João Fellet, da BBC Brasil, conta que a polícia reage às tentativas de invasão do Congresso com spray de pimenta.

  36. Tensão cresce em Brasilia, informa João Fellet, da BBC Brasil. A polícia dispara bombas de gás lacrimogêneo, muitos manifestantes correm. Alguns fizeram uma fogueira e parece haver um princípio de incêndio.

  37. Mais uma imagem dos protestos em Salvador, onde houve muitas cenas de violência nesta quinta (Foto: AFP)

  38. Band News informa que um carro da emissora foi destruído durante protestos em Natal.

  39. Em Belo Horizonte, o protesto é diante da Câmara Municipal, onde manifestantes pressionam vereadores a aprovar projeto de lei que poderia reduzir valor das tarifas de transporte.

  40.  Pelo Twitter, Polícia Militar paulista diz que há confrontos entre manifestantes e guardas municipais em Campinas. A PM diz que interveio com "munição química".

  41. Segundo a PM, manifestação desta quinta reúne 100 mil pessoas na av. Paulista

  42. Confronto e vandalismo ainda no Rio de Janeiro. Imagens aéreas mostram um grande incêndio com objetos saqueados pelos manifestantes.

     

  43. Em Brasília, manifestantes lançam pedras contra Itamaraty e colocam fogo em janela do prédio. Policiais usam extintores para apagar foco de incêndio.

  44. Grande incêndio nas proximidades do sambódromo do Rio, informa Caio Quero, da BBC Brasil.

    Manifestantes arrancam banners de publicidade nas grades do local. Outros participantes da marcha vaiam e gritam "sem vandalismo".

  45. Situação muito tensa em Brasília. Polícia usa bombas de efeito moral para retirar manifestantes do Itamaraty, informa João Fellet, da BBC Brasil.

  46. Novo tumulto em Campinas, no interior de São Paulo: polícia usa bombas de gás para dispersar manifestantes.

  47. Grupo RBS relata tensão também em Porto Alegre: policiais disparam bombas de gás contra manifestantes, os quais atiram pedras. Há cenas de depredação e saques. 

    Mas relatos dão conta de que maioria protesta pacificamente.

  48. Situação um pouco mais controlada no Itamaraty: a polícia avança um cordão de isolamento ao prédio.

    A informação é de João Fellet, da BBC Brasil em Brasília.

  49. Protestos foram violentos também em Belém (PA), informam leitores pelo Twitter. A Band News informa que houve choque entre policiais e manifestantes após estes hostilizarem o prefeito da cidade.

  50. No Itamaraty, clima um pouco mais tranquilo após manifestantes queimarem parte de uma janela do prédio. Mas ainda há um grupo agitado na frente do prédio, informa João Fellet, da BBC Brasil em Brasília.

    Eles fizeram uma fogueira de plástico e papelão ali na frente. Muitos falam em se dirigir ao Congresso.

    Outro grupo fecha a região do Eixo.

  51. O Centro do Rio ainda registra tensão e violência nesta noite. O hospital Souza Aguiar diz ter recebido 22 feridos.

  52. Recife (PE) também teve um dia tenso, relata o site do Diário de Pernambuco. Houve depredação na frente da Prefeitura, no Tribunal Regional do Trabalho e em ao menos uma loja. Situação parece mais calma nesta noite.

  53. Belo Horizonte também foi palco de protestos na noite desta quinta-feira.

  54. Pelo Twitter, PM informa que não há mais confrontos diante da Prefeitura de Campinas (SP).

  55. Em São Paulo, CET informa que a Av. Interlagos (zona sul) foi fechada por manifestantes.

    Há um bloqueio também na av 23 de Maio, rumo ao Parque Ibirapuera.

  56. Tensão entre polícia e manifestantes na Cinelândia, centro do Rio, informa Caio Quero, da BBC Brasil. PM usa bombas de efeito moral.

  57. Clima ainda é tenso em Porto Alegre. A polícia isola a av. Azenha, uma das principais da cidade, após enfrentamentos. Houve disparo de bombas de gás.

  58. Foto do repórter João Fellet mostra pichação no prédio do Ministério da Saúde, em Brasília, na noite desta quinta.

  59. Ainda há um grande foco de incêndio no gramado na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Bombeiros chegaram.

  60. Onda de vandalismo em Vitória, no Espírito Santo: imagens da GloboNews mostram manifestantes invadindo o Tribunal de Justiça e depredando cabines de pedágio de uma ponte.

    Pouco antes, houve confrontos: manifestantes atiraram foguetes contra policiais, que dispararam bombas de gás.

  61. Polícia confirmou que uma pessoa foi morta, atropelada, durante os protestos em Ribeirão Preto (no interior de São Paulo), que reuniram cerca de 25 mil pessoas. Outras duas pessoas ficaram feridas. Polícia diz que o motorista fugiu. Foto: Mídia Ninja

  62. Em São Paulo, PM informa que um grupo de cerca de mil pessoas se reuniu diante da Assembleia Legislativa, mas manifestação continuava pacífica.

    Cerca de 400 delas rumam à av. Paulista pela av. Brigadeiro Luis Antonio. A via está com o tráfego interrompido em alguns trechos. E estão interditados o túnel do Anhangabaú e a av. Nove de Julho.

  63. Em nota, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) manifestou "preocupação com o acirramento da violência" na atual onda de manifestações desta quinta, após um repórter da GloboNews ter sido atingido por uma bala de borracha na cabeça e um veículo do SBT ter sido queimado, no Rio de Janeiro.

    "Agressões a profissionais de imprensa e atos de vandalismo, como os ocorridos na última semana, com a intenção de impedir a cobertura dos fatos, devem ser rechaçados por atentarem contra a liberdade de imprensa e o direito à informação", diz a nota. 

  64. Mais uma imagem dos protestos desta quinta-feira em Brasília, nos arredores do Congresso. Ainda há centenas de manifestantes no gramado do local, mas confrontos parecem ter arrefecido.

  65. Em São Paulo, CET informa que a rua da Consolação já foi liberada, após ser palco de manifestações.

  66. Ainda em Brasília: polícia dispara bombas de gás lacrimogêneo em multidão que protesta na Esplanada dos Ministérios. Há corre-corre.

  67. CET-SP informa: rua da Consolação volta a ser interrompida por manifestantes nas proximidades da rua Antonia de Queiroz.

  68. Em Porto Alegre, que também foi palco de confrontos, jornal Zero Hora informa que trânsito está liberado nas avenidas João Pessoa, Azenha e Ipiranga.

  69. Subiu para 36 o número de feridos na manifestação desta quinta-feira no Rio sendo atendidos no Hospital Municipal Souza Aguiar, informa a Secretaria Municipal da Saúde à Agência Brasil.

    As razões das internações incluem brigas, torções, além de ferimentos por balas de borracha e gás lacrimogêneo.

    Band News diz que intensidade dos protestos diminui na cidade na noite desta quinta.

  70. Muito corre-corre e disparos de bombas no gramado da Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Ainda há milhares de pessoas no local.

  71. PM de São Paulo informa: av. Nove de Julho, túnel do Anhangabaú e av. 23 de Maio foram liberadas, após serem palco de protestos. 

  72. Imagem de confrontos no Rio, algumas horas atrás; Band News informa que enfrentamentos diminuíram, mas cidade permanece tensa. Ainda há manifestações dispersas e atos de vandalismo.

  73. Manifestantes começam a deixar Praça dos Três Poderes, em Brasília.

  74. A presidente Dilma Rousseff, que não se manifestou sobre os protestos da noite desta quinta, terá uma reunião de emergência com os ministros mais próximos na sexta-feira de manhã.

  75. Grande São Paulo: rodovia Castello Branco está interditada por manifestações no km 22 sentido SP, informa PM.

  76. Grupo de manifestantes se concentra nas proximidades do Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, no bairro de Laranjeiras. Policiais fazem a segurança do local e não há notícias sobre confrontos.

  77. Em Brasília, duas tendas médicas montadas pelo Samu nas proximidades do Congresso atenderam 31 pessoas que participaram da manifestação, três delas em estado grave, relata a Agência Brasil.

    De acordo com o Samu, a maior parte delas apresentava problemas de mal súbito e intoxicação por gás de pimenta ou lacrimogêneo.

Últimos desdobramentos:

Atualizado em 21 junho, 2013

  • A presidente Dilma Rousseff adiou sua viagem ao Japão e convocou uma reunião de emergência nesta sexta-feira de manhã, com ministros mais próximos, para debater onda de manifestações.
  • Protestos em mais de 100 cidades de todos os Estados do país foram realizados na quinta-feira. Estima-se que mais de 1 milhão de pessoas tenham saído às ruas.
  • Também nesta sexta-feira, em Belém, faleceu uma gari que inalou o gás lacrimogêneo usado pela polícia contra os manifestantes. Em Ribeirão Preto (SP), um jovem morreu atropelado após um carro atravessar uma multidão de manifestantes.
  • Em Salvador, que recebeu o jogo entre Nigéria e Uruguai pela Copa das Confederações, o protesto de quinta-feira foi marcado por confrontos violentos entre polícia e manifestantes. Um jovem que não participavada manifestação foi ferido com um tiro enquanto tentava fechar um bar em meio aos protestos. Ainda não se sabe a origem do disparo.
  • Em Brasília, manifestantes atiraram sinalizadores e chegaram a provocar um foco de incêndio no palácio do Itamaraty e a invasão foi contida pela polícia. Confrontos pela cidade deixaram dezenas de feridos.
  • Em São Paulo, milhares de manifestantes se reuniram na Av. Paulista. Simpatizantes de partidos políticos que compareceram ao evento foram hostilizados e agredidos por manifestantes.
  • No Rio de Janeiro, a multidão se reuniu na Candelária, no centro da cidade, antes de seguir em passeata em direção à Prefeitura. Houve cenas de violência e confrontos entre policiais e manifestantes, que deixaram dezenas de feridos.

Participe da nossa cobertura

Envie comentários para as nossas páginas no Facebook e no Twitter

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.