Meio Ambiente

Leões são resgatados de circos na Bolívia

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Um grupo de 25 leões será retirado de circos na Bolívia e enviado para reservas nos Estados Unidos.

A medida é uma vitória de ativistas que defendem os direitos dos animais. Os leões foram resgatados depois de uma decisão do governo da Bolívia, tomada há dois anos, que proibiu o uso de animais em circos.

Um dos leões mais jovens tem apenas treze semanas de idade.

Jan Creamer, presidente da Defensores dos Animais Internacional (ADI, na sigla em inglês) está trabalhando com as autoridades bolivianas para preparar os animais para a viagem e conta a história dos filhotes de leão, os últimos a se apresentar em circos da Bolívia.

Filhote de leão em jaula na Bolívia aguarda para ser levado para os EUA

Filhote de leão em jaula na Bolívia aguarda para ser levado para os EUA

"Eles nasceram no circo, em gaiolas cercadas pelos funcionários do circo, que assustavam a mãe dos filhotes para conseguir puxar os leõezinhos para fora, com um gancho de metal", afirmou. Os filhotes eram usados então para tirar fotos com o público.

A presidente da ADI também diz que não há nenhum outro país no mundo que tenha proibido o uso de todos os tipos de animais em circos e que tenha permitido que a organização resgatasse todos os animais, a Bolívia foi o primeiro país.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.