BBC navigation

Para Inglês Ver

Ir e vir...de ônibus ou de carro?

Atualizado em  4 de março, 2014 - 12:02 (Brasília) 15:02 GMT

Pode parecer estranho, mas eu adoro andar de ônibus no Brasil.

Mesmo em Recife, com seu terrível trânsito, gosto de estar, em pé ou sentada, entre uns vinte ou trinta rostos desconhecidos, cada um com uma vida, uma história.

Para mim, o ônibus é um retrato do cotidiano de uma cidade. Nunca vivenciei uma forma de transporte público tão interativa.

Um destaque são os sons. Incluem as intervenções de passageiros: "Vai descer!" ou "Abre no meio!", as "palestras" dos vendedores de chiclete (não tinha parado para pensar nos múltiplos benefícios do hortelã) e a poesia do homem do cordel. As pregações dos evangélicos são quase um espetáculo à parte.

Blogueira Lily Green vê vantagens e dificuldades nos coletivos brasileiros

Claro que encarar um ônibus lotado em meio a engarrafamentos constantes é de enlouquecer, principalmente quando uma viagem que deveria durar 10 minutos dura uma hora!

Mas, entre estar em um carro sozinha, vidro fechado e ar-condicionado, ou passar o mesmo período no 920 Cidade Universitária, fico com o 920 aventuroso.

Sei que para as pessoas que moram na cidade, que dependem do ônibus, não é nada assim tão agradável e lúdico.

Enfrentar todos os dias a mesma irregularidade, a mesma luta só para caber no ônibus, as mesmas dificuldades para simplesmente chegar na hora para trabalhar revela problemas sérios da infraestrutura de transporte e da divisão de classes.

Em Recife, vejo que boa parte da classe média nem pisa no ônibus ou na calçada para chegar de A a B. Prefere ir de carro.

Atualmente, a juventude emergente parece mais disposta a usar ônibus ou bicicleta como uma forma de transporte, mas ainda temos que ver se essa tendência vai mesmo se manter.

Me parece haver uma noção aceita, mas que nem sempre é dita, de que o ônibus serve àqueles que não têm dinheiro para usar outra forma de transporte.

Na minha opinião, isso revela uma falta de consciência ambiental e uma divisão profunda entre pobres e ricos.

E você? Usa transporte público no Brasil? Por que sim ou por que não?

Comentários

Não são aceitos mais comentários

Vá para a página de comentários
 
  • Classifique este
    0

    Número do comentário 21.

    Sim, mas tenho conforto na Zona Sul do Rio, ônibus macios, com ar refrigerado, janelas panorâmicas, com degraus baixos.... mas não representa o Brasil e nem meu próprio estado, é só na minha região.
    O transporte é precário, principalmente nos caminhões adaptados e perigosos do interior do país..... gostaria que o Brasil tivesse uma malha ferroviária como a da Europa, é disso que precisamos.

  • Classifique este
    0

    Número do comentário 20.

    Eu uso transporte público todos dia e não vejo a hora de poder comprar meu carro. Existe linhas que são humilhantes. Ter que viajar na escada com mais oito passageiros seria surreal se não estivéssemos falando do Brasil. Nasci e fui criada em Recife e até começar a trabalhar adorava andar de ônibus. Hoje quando me deparo com a humilhação de pegar um coletivo as 06:00 da manhã oro a Deus pra ter logo condições de comprar meu carro. Sei que dentro de um carro perderei contato com alguns passageiros e motoristas que conheci nos coletivos que faço uso, porém sei que minha saúde e segurança ganharão com a aquisição.

    Estou adorando esse blog. espero topar com a Lily por aí algum dia rsrsrsrs.

  • Classifique este
    0

    Número do comentário 19.

    Concordo com a Ana. Usar ônibus na mega São Paulo é muito melhor que na pequena Aracaju. Venho de Porto Alegre, onde apesar de existirem inúmeros problemas, há uma cultura de transporte coletivo e, após experimentar em outras capitais, vejo que se atingiu níveis bastante razoáveis. Se deslocar em Aracaju em ônibus é uma aventura bastante desagradável: linhas sem horário, veículos velhos ou antigos, condutores inacreditavelmente despreparados, maioria de usuários sem educação (tentar subir ou descer numa estação pode até ser perigoso) e não há órgão fiscalizador, e que forneça orientação ou instrução. Se observa, infelizmente, que a classe média prefere transporte individual... e que usar o transporte coletivo é uma opção imperativa apenas aos cidadãos que não têm condições de adquirir outro meio de transporte.

  • Classifique este
    0

    Número do comentário 18.

    O transporte no Brasil inteiro deve ser ruim, srsrsr, assim como em Brasília, mas como a Lily, eu tbm AMO andar de ônibus!
    É como um estímulo à criatividade: vc vê novos rostos, conversas da atualidade, pode ler, estar na parada cheia de pessoas... enfim, prefiro estar só em meio a multidão a estar só com comodidade dentro de um carro, hehe.

  • Classifique este
    0

    Número do comentário 17.

    O transporte público em São Paulo é horrível, principalmente na zona oeste (Jaraguá, Pirituba, Perus, Lapa), os trens são superlotados, em horários de pico você passa até mal (já vivenciei muito isso) além da lentidão e o atraso. Os ônibus são ainda piores. Eu ando muito de ônibus e trem, pois não tenho condições de comprar um carro e por mais que você se entretenha com livros, música ou com a própria paisagem, chega uma hora que você se cansa de perder tanto tempo.

 

Comentários 5 de 21

 

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.