« Anterior | Principal | Próximo »

Carros menos poluentes nos EUA

Categorias dos posts:

Eric Camara | 2010-04-01, 19:09

Talvez a data - 1º de abril - não tenha sido a mais feliz para o anúncio, mas a decisão da agência ambiental americana, a EPA (sigla de Environmental Protection Agency), sobre a regulamentação das emissões de veículos nos Estados Unidos não é nenhuma brincadeira.

Carros, caminhões e afins respondem por 28% das emissões americanas, de acordo com a própria EPA, e a nova regulamentação deve poupar as emissões de 960 milhões de toneladas métricas de carbono e o consumo de 1,8 bilhão de barris de petróleo.

Sob as novas regras, carros de passeio, caminhões de pequeno porte e os mal-falados SUV, os populares 4X4 americanos, que saírem de fábrica a partir de 2012 terão que obedecer a padrões de eficiência inéditos. Combinadas, as diversas categorias de veículos deverão rodar no mínimo 15 km/l até 2016.

suv.jpg

Mesmo assim, organizações ambientalistas alertam para o fato de as regras americanas ainda deixarem os carros do país menos eficientes do que os europeus.

"Os Estados Unidos continuarão bem atrás da eficiência de combustível dos carros europeus e japoneses atuais, que ficam por volta de 19 km/l e 18 km/l, respectivamente", afirmou Kierán Suckling, do Centro para Diversidade Biológica, de Washington.

Calcula-se que a regulamentação vá atingir cerca de 60% dos veículos nas estradas dos Estados Unidos.

No Brasil, há mais de 20 anos foi criado o Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, mais conhecido como Proconve, que vem forçando a redução das emissões gradativamente. No ano passado, ele entrou na sua quinta fase para veículos leves e já reduziu em 90% as emissões desta categoria.

Críticas à parte, ninguém discute que diante do tamanho da frota americana, a nova regulamentação pode fazer uma grande diferença.

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 08:56 PM em 16 abr 2010, joão marcio escreveu:

    Por que aqui no Brasil os carros fazem, em sua maioria, a média de 8 a 10 km/l?

  • 2. às 02:41 AM em 12 jun 2010, Daniel escreveu:

    Por causa de nossa PÉSSIMA gasolina. O governo não reduz o preço da gasolina para manter o cabide de empregos e as empresas não melhoram a qualidade porque não tem fiscalização.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.