« Anterior | Principal | Próximo »

A batalha do gelo

Categorias dos posts:

Eric Camara | 2009-05-14, 16:11

catlin.jpg

Um grupo de exploradores britânicos voltou nesta semana de uma duríssima viagem de 73 dias no Ártico, para medir a espessura da cobertura gelada do pólo. Os dados colhidos por Pen Hadow, Ann Daniels e Martin Hartley agora vão ser analisados por cientistas para ajudar a entender o impacto do aquecimento global na região.

Açoitada por ventos fortes e frio de até -70ºC, a equipe do Catlin Arctic Survey percorreu 435 km a pé, realizando mais de 16 mil medições no gelo. Mesmo antes da análise desses dados, já pipocam na internet críticas à expedição. No blog Climate Change - Global Warming, Mark Lindqvist diz que "parece claro que eles acreditam no aquecimento global provocado por humanos, logo, tenha certeza de que vão estruturar a sua pesquisa de forma a fundamentar esta crença."

O "alerta" vem depois de uma lista elaborada pelo jornal The Daily Telegraph com descobertas preliminares da expedição e outras evidências científicas de que a camada realmente está menos espessa.

Já no blog Wattsupwiththat ,o cético Steve Goddard desferiu um "ataque preventivo", apresentando dados que aparementemente provam que não houve aquecimento no Ártico entre 58 e 2009.

Nos próximos meses, a polêmica deve esquentar. Mas o gelo no Ártico é só uma batalha na guerra pelo apoio popular. Até a reunião de Copenhague, em dezembro, o muita água vai rolar - os interesses em jogo são multimilionários.

Que o diga o lobby petroleiro americano que, segundo reportagem do The Guardian, vai investir US$ 45 milhões em uma campanha para reduzir o apoio do Congresso ao plano "verde" do presidente Barack Obama.

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 02:49 PM em 16 mai 2009, Cecy Haemmerli escreveu:

    Quando veio à tona os escândalos dos falsos relatórios feitos por médicos renomados (contratados pelas gigantes de fabricação de cigarros) onde afirmavam que o fumo não provocava câncer e tampouco algum maléficio para a saúde. E muitos acreditaram e o pior é que continuam fumando enriquecendo os bolsos dos fabricantes que ainda ousaram "aditivar" o cigarro com componente químico e cancerígeno para "arrebanhar" mais fumantes. Tudo pelo lucro fácil/enganoso, a produção e venda do tabaco. Agora assistimos a mesma "ladainha" sempre para proteger e "maquiar" os interesses escusos em detrimento da população e as consequências da verdade que incomoda como bem retratou Al Gore em seu filme denúncia, que alguma coisa precisa ser feita antes que seja tarde demais. Continuo acreditando no filme-denúncia: contra fatos não argumentos. O resto é balela!!!

  • 2. às 08:58 PM em 25 mai 2009, Allan escreveu:

    Pesquisas são feitas, refeitas e discutidas. Depois dessas discussões, todos discutem mais um pouco, sobre alguns assuntos relacionados e depois que a poeira abaixa, eles deixam tudo de lado novamente para voltar aos assuntos que lhes interessa realmente: dinheiro!

    Penso eu, humildemente, que não é mais necessária nenhuma pesquisa, nenhuma discussão, nenhuma excursão e muito menos veiculação na mídia, o que precisamos, todos, é de ação.
    Mudar e adaptar, estudar meios e colocá-los em prática para que o aquecimento global seja combatido.

    De quem deve partir a inciativa? Não espere pelo governo, nem pela população, comece você mesmo e vamos passando isso para frente. Assim, quem sabe haja algum resultado?

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.