« Anterior | Principal | Próximo »

A maratona do aluguel

Camilla Costa | 2012-07-20, 19:04

O resultado das buscas é um apartamento dentro de uma antiga casa vitoriana em Brixton

Alugar um apartamento em qualquer cidade já significa, normalmente, fazer diversos cálculos complexos: preço do aluguel, do condomínio, média das contas. Mas em uma cidade-sede dos Jogos Olímpicos, as contas triplicam.

Além de ser barato, o apartamento precisa ser em uma área segura, coisa que, em Londres, já é difícil calcular. Na maior parte dos bairros mais habitados por jovens, artistas e (muitos) imigrantes, onde os preços costumam ser menores, a segurança é um fator que muda a cada quarteirão.

Encontrar locais "perto do trabalho", fator tão considerado em metrópoles como São Paulo, é uma ilusão que, na capital britânica, ninguém mais tem. As áreas do centro da cidade são nobres e, portanto, muito caras. Por isso, é preciso contar com pelo menos 30 ou 40 minutos até o local onde você trabalha, seja em ônibus, metrô ou bicicleta.

Mesmo assim, em época de Olimpíada, não basta ter transporte: é preciso conseguir chegar. Então entra na conta a facilidade das ligações de transporte entre a sua casa e o seu trabalho e o fator "multidão olímpica" - você terá que mudar muitas vezes de linha até chegar? Está planejando morar muito perto de linhas que vão estar congestionadas pelos turistas e torcedores entre julho e agosto? Melhor repensar.

Tudo isso deve ser considerado, é claro, durante a busca. E aqui as opções são muitas e nem sempre confiáveis. Os visitantes costumam se virar vasculhando diariamente os sites famosos de aluguel e venda de apartamentos como o Gumtree e o Find a Property.

As agências imobiliárias nem sempre são confiáveis, os proprietários que querem alugar sem intermediários também não. Boa parte dos apartamentos, mesmo muito pequenos e pouco beneficiados, está supervalorizado por causa dos Jogos Olímpicos. E não há muito tempo para pensar. Se você gostar um pouco que seja de algum lugar, tem que depositar imediatamente um valor para que ele seja reservado para você.

Depois de correr esta maratona de um mês, me alegro em dizer que a consegui encontrar um lugar que deu resultado positivo em todas as minhas contas. Já posso dizer que morar em Londres é difícil, mas não é impossível.

Ou melhor, ainda não. Dentro de sete dias vou ver do que a "multidão olímpica" da minha linha de metrô é capaz.

Mais conteúdo deste blog...

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.