« Anterior | Principal | Próximo »

A chata eficiência de Holanda e Espanha

Categorias dos posts:

Daniel Gallas | 2010-07-07, 22:18




A Espanha jogou sua melhor partida contra a Alemanha, ainda assim é impressionante como o futebol praticado pelos espanhóis consegue ser eficiente e... chato.

No jogo contra os alemães, os espanhóis tiveram quase 60% de bola no primeiro tempo. Quase toda essa posse de bola é na intermediária alemã, o que em princípio sugere perigo de gol. Mas a verdade é que houve poucas oportunidades ao longo do jogo.

Mesmo beirando a entrada da área alemã, os espanhóis só rolavam a bola entre si lateralmente. Assim que perdiam a bola, tratavam de recuperá-la ainda no campo defensivo do adversário e novamente se colocavam a trocar passes laterais.

No segundo tempo, a Espanha arriscou mais, com alguns chutes de fora da área e alguns lançamentos longos, mas nada parecia superar o bloqueio alemão. Eventualmente a partida precisou ser resolvida em uma bola parada, na cobrança de escanteio para Puyol.

A Alemanha jogou muito menos do que costuma. É verdade que a equipe precisou muito do seu contra-ataque letal para golear Argentina e Inglaterra, mas ainda assim nas outras partidas, os alemães se mostraram maior oposição ao domínio de bola rival. O tão elogiado Schweinsteiger, que funcionou como cérebro nas boas vitórias alemãs, teve papel limitadíssimo de volante de contenção na semifinal desta terça, basicamente assoberbado com as avançadas de Xavi, Iniesta e Pedro.

Naturalmente quando a Alemanha sofreu o gol, a Espanha passou a ter mais chances de matar a partida. Uma delas foi inacreditavelmente desperdiçada por Pedro, que, tirando o lance, fez ótima partida e ajudou a Espanha a manter ainda mais o toque de bola na frente.

Nesse ponto, Espanha e Holanda são muito parecidas. Ambas as seleções gostam de tocar bastante a bola no ataque e são rápidas em recuperar a posse quando desarmadas. Em comum também é que esse tipo de jogo pode ser muito tedioso.

Holandeses e espanhóis prezam tanto a posse de bola que não gostam de perdê-la nem arriscando chutes a gol. As duas seleções concluem apenas quando suas chances são muito boas, e arriscam poucas jogadas criativas ou loucas.

É uma ótima tática e vem se provando vencedora, mas houve algum jogo realmente memorável das duas seleções nesta Copa até agora?


ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 11:10 PM em 07 jul 2010, Rogerio escreveu:

    Chega a ser cômica a ingenuidade de comentaristas que insistem no impossível: nenhuma seleção que joga bonito ou pratica a lenda chamada futebol-arte vencerá uma copa nos próximo séculos. A última foi a brasileira de 1970 e por lá ficou!

    Fala sério!

  • 2. às 11:53 PM em 07 jul 2010, NIkos escreveu:

    Ja faz tempo que o futebol chato, burocratico e eficiente domina a Copa. Os jogos dos uruguaios e alguns dos africanos foram mais emocionantes que os dois finalistas.
    E a transformacao do esporte mais popular do mundo.

  • 3. às 09:02 AM em 08 jul 2010, José Eduardo escreveu:

    Algum dia o futebol-arte vai voltar a existir e prevalecer sobre o burocrático? Será que só nós brasileiros gostamos do "jogo bonito"?
    Moro na Espanha e aqui quando se comenta sobre pedaladas e dribles, eles dizem que isso é pura besteira e não serve para ganhar um jogo. E claro que estão encantados e maravilhados com a "Furia Roja" que provavelmente será campeã este desta copa do mundo que na minha opinião teve muito pouco ou quase nada de brilho.

  • 4. às 09:33 AM em 10 jul 2010, Eduardo Marques escreveu:

    Essa do futebol arte é para otários. O que interessa é ganhar (1x0 está bom).

  • 5. às 04:10 PM em 11 jul 2010, Raimundo escreveu:

    Espanha? Que Espanha? Futebol fraco, péssima qualidade. Além disos, um país que promove algo brutal - tourada - como acontecimento, não merece nada. Que vença a Holanda.

Mais conteúdo deste blog...

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.