« Anterior | Principal | Próximo »

'Marmiteiros' do mundo, uni-vos!

Thomas Pappon | 2011-05-28, 12:27

Proibiram o Marmite na Dinamarca. Aquela pasta de fermento, já mencionada neste blog, que vem em um estiloso potinho e divide os britânicos em dois extremos – os que a amam e os que a odeiam.

As autoridades do país que nos deu Helena Christensen, Lars Von Trier, os blocos Lego e The Killing (o seriado policial que ganhou o Bafta de melhor série estrangeira exibida na TV britânica, batendo Mad Men!) resolveram pegar pesado com alimentos com vitaminas adicionadas, que são considerados - ali, pelo menos - uma ameaça à saúde.

Já tinham proibido alguns cereais e bebidas há alguns anos sob essa mesma legislação, mas nenhuma medida causou tanta indignação como o recente veto à famigerada pasta escura, geralmente passada no pão com um pouco de manteiga.

Britânicos residentes na Dinamarca chiaram horrores, lançaram campanhas e ameaçaram com um boicote contra produtos dinamarqueses.

Os protestos também vieram de australianos, neo-zelandeses e sul-africanos, que também são chegados a uma torrada com Marmite (ou Vegemite, o quase-equivalente australiano) no café da manhã.

“Não vamos mais assistir a The Killing!” não foi a pior ameaça. O que pode pesar mesmo é um “não” generalizado ao bacon dinamarquês, como o que, segundo o jornal The Guardian, estava sendo organizado pelo Facebook.

untitled.JPG

Os britânicos amam bacon, a produção local não dá conta da demanda e os criadores dinamarqueses tiram aproveitam desse nicho há décadas.

Não está claro ainda se vai ser possível entrar na Dinamarca com Marmite na bagagem, ou se os ‘marmiteiros’ de Copenhague terão que apelar para o mercado negro – e se o tráfico de Marmite será punido com cadeia.

Mas a pergunta que não quer calar nessa história toda é essa: qual é o problema com alimentos industriais ‘fortificados’ com adição de vitaminas? Por que a Dinamarca diz que eles fazem mal à saúde?

É aqui que a discussão esquenta. Segundo nota divulgada pela Embaixada da Dinamarca em Londres (que teve que se pronunciar por causa da ampla cobertura dada ao caso), os dinamarqueses acreditam que “é melhor para nós obter as vitaminas de frutas e vegetais (legumes e verduras)”, e que por isso o marketing de produtos fortificados não é autorizado no país.

Ou seja, tecnicamente, o produto em si não é “proibido”, mas sua distribuição e divulgação não foram autorizados, pelo menos ainda (e talvez não venham a ser) .

Marmite, rico em vitaminas B e ácido fólico, foi desenvolvido a partir de sobras da produção de cerveja, na virada para o século passado.

Pessoalmente, acho que o produto assusta as autoridades da Dinamarca por ser um arquétipo de alimento inventado em laboratório. Lembra o pavor que muitos tem de alimentos geneticamente modificados – afinal, não foi a natureza (ou, sei lá, Deus) que criaram o Marmite: foi um cientista alemão.  

Não há evidências de que o Marmite faça mal a saúde. Muito pelo contrário. Mas pela reação exacerbada da mídia inglesa, pela onda de indignação e pelas ameaças de protesto por parte de consumidores, me pergunto se não há algum ingrediente ‘estranho’ e extremamente viciante em uma pasta que, cá entre nós (e por mais que a ame) parece graxa de bicicleta.

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 06:04 PM em 30 mai 2011, Gabi escreveu:

    Ainda bem você explicou o que é Marmite, senão eu jamais iria entender completamente a sacada desse produto: http://www.lazyboneuk.com/products/Marmite-Savings-Jar.html

  • 2. às 09:41 PM em 30 mai 2011, Denir escreveu:

    Thomas,
    aproveitando este post e o anterior, posso fazer uma pegunta que sei vai demonstrar total falta de conhecimento culinário?
    Qual o cardápio diário típico da Inglaterra??
    Sds

  • 3. às 02:11 PM em 31 mai 2011, Tatiana escreveu:

    Ora, faça-me o favor... Será que ingleses e dinamarqueses não têm com o que mais se preocuparem?

  • 4. às 02:45 PM em 31 mai 2011, Thomas Pappon Author Profile Page escreveu:

    Denir, pelo teu comentário e de outros leitores notei que está na hora de fazer um post exatamente sobre esse assunto: a cozinha típica inglesa. Aguarde.

  • 5. às 05:07 PM em 01 jun 2011, Paulo Cabral escreveu:

    Só prá constar: ODEIO!!!!!!!!!

  • 6. às 10:03 PM em 01 jun 2011, Benjamin Gadagnotto escreveu:

    kkkkkkkkkk ... estou do lado dos ingleses! ... há 5 anos trago na mala ou peço pelo correio 2 vidros de Marmite - ainda estou com um grande cheio mas já vou trazer mais daqui um mês ... - a Nigella conseguiu/inventou um molho pra macarrão com ele ...

    Benjamin - São Paulo/SP-Br

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.