« Anterior | Principal | Próximo »

O rei dos tomates

Thomas Pappon | 2011-03-04, 16:11

Na semana passada a maravilhosa food writer Joanna Weinberg tocou, no Times, num dos meus assuntos favoritos: tomates.

O tema me é caro porque sou um grande apreciador de tomates. Acho muito difícil imaginar um mundo sem a fruta. E não estou só, pelo menos sei que os italianos estão nessa comigo.

Eles veneram o tomate, e a qualidade superior dos tomates italianos é incontestável. Se você visitar a Itália, não deixe de parar numa quitanda, comprar tomates - e sal - e comê-los em plena rua. É outra coisa, acredite.

A Joanna diz no seu artigo, com toda razão, que a melhor chance que muitos no mundo têm de chegar ao tomate italiano é através dos enlatados.

Nada substitui o tomate fresco, mas se a opção for um tomate meia boca, talvez seja uma boa mesmo apostar numa lata.tomate.jpg

Ela diz que cozinhando os tomates enlatados por vários minutos – ela cita três receitas de molho ao sugo, numa delas os tomates são cozinhados em fogo baixo por duas horas -, é possível tirar os resquícios de ‘produto enlatado’ da fruta.

Para quem mora em Londres, uma boa dica é sempre comprar latas de plum tomatoes - tomate de formato mais oval, com menos sementes e mais carne, bastante comum nos supermercados (pelo menos aqui em Londres) e apropriado para molhos ou conservas - em vez de chopped tomatos (eu sempre comprei chopped tomatoes, por pura conveniência, mas os plum tomatoes são os melhores, mais saborosos).

A Joanna cita também o 'rei dos tomates', o tomate de San Marzano, que eu não conhecia. Descobri que é o tomate preferido por chefs e pizzaiolos para fazer molho – segundo os puristas, a verdadeira pizza napoletana só é napoletana se for feita com tomate San Marzano.

O San Marzano, que é um tipo de plum tomato mais alongado, leva o nome de uma pequena cidade perto de Nápoles, na região da Campânia, no sul da Itália, onde o tomate foi desenvolvido, nas encostas de solo vulcânico do Vesúvio.

Já os San Marzano em lata são caros e difíceis de achar.

Enfim, separei abaixo alguns links muito bons para quem quiser saber mais sobre isso.  

Vídeo sobre a produção dos San Marzano(em italiano) http://www.youtube.com/watch?v=crU_5yLUOHY&NR=1
Algumas latas (em inglês)
http://www.youtube.com/watch?v=a9th_ZJx4W8
site sensacional, com receitas de molhos em vídeo (em inglês)
http://www.sanmarzanotomatoes.org/index.html

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 08:26 PM em 04 mar 2011, Alan Tanoura escreveu:

    We just bought a can of San Marzano for $5,00 here in Fort Worth, TX. Is the best tasting tomatoes that you can buy in the can.

    Regards

  • 2. às 01:49 AM em 06 mar 2011, João Tércio escreveu:

    Mais uma matéria comprada para estimular a precária produção agrícola italiana, a qual dá poucas lavouras ao ano. A melhor tomate do mundo vem do Nordeste do Brasil, produzida às margens do Rio São Francisco, em cidades importantes como Petrolina-PE, Juazeiro-BA e adjacentes, todas dos Estados Membros de Pernambuco e Bahia.Se europeu estiver com fome de tomate, ou outro povo qualquer deste planeta, é só procurar nossos produtores no Brasil e terão o devido saceio com os melhores índices de nitrogênio para retardar os efeitos oxidantes sobre o corpo humano.

  • 3. às 12:55 AM em 14 mar 2011, Tatiana escreveu:

    Seria ótimo não fosse tão caro...

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.