« Anterior | Principal | Próximo »

A ascensão de Gingrich e os imigrantes

Alessandra Correa | 2011-12-03, 0:53

Nos últimos dias, um novo protagonista surgiu na briga dos republicanos que buscam a indicação do partido para concorrer à Presidência dos Estados Unidos.

Newt Gingrich, ex-presidente da Câmara dos Representantes, vem aparecendo no alto das pesquisas de intenção de voto, ao lado de Mitt Romney - que até agora tem mantido o favoritismo, apesar das ameaças.

Político experiente e dado a declarações polêmicas, Gingrich recentemente desafiou a posição comum dos republicanos sobre o explosivo tema da imigração, ao propor durante um debate que imigrantes ilegais que vivam nos Estados Unidos há vários anos, tenham laços familiares no país e não tenham ficha criminal possam legalizar sua situação.

"Se você está aqui há 25 anos, e tem três filhos e dois netos, paga seus impostos, cumpre a lei, frequenta uma igreja local, eu não acho que nós vamos separá-lo de sua família e expulsá-lo", disse Gingrich no debate.

Suas declarações foram imediatamente criticadas pelos rivais - Romney entre eles -, que o acusaram de defender uma anistia a imigrantes ilegais, que só iria incentivar o aumento da entrada ilegal de imigrantes no país.

As declarações de Gingrich também levaram o instituto de pesquisas Pew Hispanic Center a calcular quantos imigrantes seriam beneficiados se esse plano fosse levado adiante.

Segundo o levantamento, 35% dos mais de 10 milhões de imigrantes ilegais adultos que vivem nos Estados Unidos estão no país há 15 anos ou mais e 28% há entre 10 e 14 anos.

Quase metade desses imigrantes (46%) têm filhos menores de idade. Entre os latinos (que correspondem a mais de 80% do total de imigrantes ilegais no país), 39% frequentam a igreja semanalmente, e outros 23% vão à missa pelo menos uma vez por mês, diz o estudo.

A situação dos imigrantes ilegais é um problema antigo nos Estados Unidos e uma questão delicada nas eleições. Esse contingente de imigrantes pode influenciar o voto latino, considerado cada vez mais importante para o sucesso rumo à Casa Branca.

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 06:40 PM em 11 dez 2011, Jose Honorato de Oliveira Junior escreveu:

    Como diz o texto, é um político experiente...

    José Honorato de Oliveira Junior

BBC navigation

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.