« Anterior | Principal | Próximo »

Brasil finalmente em um grupo da morte!

Categorias dos posts:

Daniel Gallas | 2009-12-04, 19:17

E, afinal, estamos no grupo da morte ou não? Muito provavelmente. O grupo G - com Brasil, Costa do Marfim, Portugal e Coreia do Norte - é o mais difícil da Copa. Ou será que sobrou para os anfitriões da África do Sul, que pegarão México, Uruguai e França?

drogba226s.jpgA verdade é que o Brasil pegou um dos grupos mais difíceis dos últimos anos, depois de décadas de jogos fáceis na primeira fase.

A Costa do Marfim joga apenas a sua segunda Copa do Mundo, mas é inquestionável que o time é hoje um dos mais fortes da África. Os "elefantes", como são conhecidos, não perderam nenhum dos seus 12 jogos nas eliminatórias para a Copa.

O time do astro Didier Drogba é um dos mais temidos do pote de times africanos e sul-americanos do torneio.

Portugal dispensa apresentações. Apesar de quase não se classificar para a Copa, todos ainda têm na memória a Era Felipão, que viu os lusitanos chegarem à final da Eurocopa e avançar mais que o próprio Brasil na Copa de 2006.

A Coreia do Norte, que volta a disputar uma Copa pela primeira vez em 44 anos, é a incógnita do grupo. Nosso jogo de estreia promete ser um daqueles clássicos desafios brasileiros em Copa: uma retranca bem armada.

Na primeira fase das Eliminatórias, a Coreia do Norte venceu metade de seus jogos e não tomou nenhum gol. E foi a retranca que garantiu a Coreia do Norte na Copa. A equipe tinha a difícil missão de conseguir empatar com a experiente Arábia Saudita em Riad para poder ir à Copa. A defesa norte-coreana brilhou na partida e o 0 a 0 garantiu a equipe na Copa.

E sempre há espaço para surpresas. Em 1966, a Coreia do Norte eliminou a Itália na primeira fase e chegou a estar vencendo Portugal por 3 a 0, mas se desequilibrou e deixou os portugueses marcarem cinco gols. Quem sabe veremos uma revanche deste jogo agora no grupo G?

Se tudo correr como o previsto, no entanto, a estreia brasileira contra a Coreia do Norte será o jogo mais fácil da Seleção canarinho. O mais difícil provavelmente ficou para a última rodada, contra Portugal, em Durban.

A meta de Dunga provavelmente será ganhar as partidas contra Coreia do Norte e Costa do Marfim, para que o time não chegue à última rodada precisando de uma vitória contra seu adversário mais forte na chave.

E quem gosta de emoções e jogos bons pode vibrar: desta vez, a Seleção terá que mostrar muito futebol para chegar às oitavas (onde enfrentará, se passar, Espanha, Chile, Honduras ou Suíça).

ComentáriosDeixe seu comentário

  • 1. às 02:34 AM em 05 dez 2009, marco ribeiro escreveu:

    Um penta campeão mundial com medo de Coréia do Norte e Costa do Marfim? Deve se brincadeira.

  • 2. às 02:00 PM em 05 dez 2009, Alexandre Stefanelli escreveu:

    Não passaremos da primeira fase, afinal jogaremos contra as poderosíssimas e tradicionais forças do futebol mundial: Portugal, Costa do Marfim e Corea do Norte. Oh horror!!!

    Fala sério! Realmente, o Brasil pentacampeão deve temer estes timaços. E,na melhor das hipóteses, se conseguirmos passar por estas potências futebolísticas já ganhamos a copa! "Grupo da morte" kkkkkkkkkkkk

  • 3. às 11:36 PM em 05 dez 2009, Paulo escreveu:

    Gallas, vai pra casa jogar dominó que é um esporte p/ seu nível.

  • 4. às 05:46 AM em 09 dez 2009, gustavo escreveu:

    tem argentino dizendo que 2 é mais que 5... agora... qual o problema com a matematica? esses caras sao ameaça? so se o brasil dormir...

Mais conteúdo deste blog...

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.